Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A realidade, os contornos e o enquadramento do "episódio" é do conhecimento geral... 

No jogo de ontem, Gelson fez-se expulsar! 

O que consequentemente o coloca de fora do clássico menor- o clássico dragarto. Decisivo e imperial para as aspirações da sua equipa.

È um problema/ episódio de uma outra casa, casa essa que arrasta o meu repúdio desde que passou a ser liderada por um badarmerda mas ou ainda assim é caso... e se fosse comigo?

E se o episódio fosse com o Benfica?

E se por exemplo, o decisivo Jonas fazia-se expulsar antes do Clássico da Luz frente ao grémio frutanheiro? 

 

A minha resposta, ou respostas são demasiado verticais...

Mimos, compreensão, solidariedade... Desculpem mas Não!!!

Ondas de simpatia, desculpabilização... Desculpem mas Não!!!

Moralismos... Desculpem mas Não!!!

"Herrar é umano" ... Desculpem mas Não!!!

"Je suis Gelson"... Desculpem mas não!!!

Por muitas mas basta uma única razão - a razão das razões: antes de qualquer afinidade/causa individual de qualquer jogador, está o Benfica!

 

O verdadeiro Sportinguista certamente estará de igualdade para comigo, agora os dragartos estão na onda "Je suis Gelson" porque «... preferir perder pró porto do que ver o Benfica campeão!»

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:16


E UM VIDEO PARA ANALISAR O VIDEO ÁRBITRO!?

por BENFICA365, em 04.05.17

A Federação portuguesa de futebol decidiu atacar a questão das críticas aos árbitros e aprovou o videoárbitro para todos os jogos da Liga em 2017/2018.

 

Então será o video árbitro a garantia da transparência e da verdade desportiva?

Veremos se no final da época 2017/2018 o vencedor do campeonato será reconhecido pelos rivais como um justo e mérito vencedor.

Para mim vai dar tudo ao mesmo, existem senhores que continuaram a ver coisas onde elas não existem, e a não ver coisas onde elas existem!!! Passaremos a discutir a isenção da "cor dos olhos" de quem está por de trás do video!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:10

E o óbvio, ou a discussão do óbvio é que mais uma vez, e desta vez pelo apito de tiago martins o Benfica foi prejudicado em Braga. Mais uma vez a sporkos tv foi tão óbvia nos seus verdadeiros interesses.

O óbvio é, mais uma jornada, mais um jogo, carregado de casos de apitagem- sempre o mesmo prejudicado: o Sport Lisboa e Benfica.

 

Andamos e bem em hosana pela superação da prova de fogo que é jogar contra o Braga na Pedreira, andamos e bem em hosana ao Deus Grego- Mitroglou, mas não podemos jamais deixar de dar atenção ao óbvio! TEMOS LEGITIMIDADE PARA FALAR!

 

Do pornograficamente óbvio: a transmissão e comentários imparciais da sporkos tv.

 

Do demasiado óbvio: um golo anulado por fora de jogo mal assinalado, um penalti cristalino não assinalado sobre Sálvio...

 

Do não tão óbvio: uma mão discutivel de um defesa bracarense na sua área, de um puxão ostensivo perto do final do jogo de um defesa do Braga na sua área ao Mitroglou, mas o Deus Grego é um armário, e é fraco mergulhador... e se não mergulhou não é penalti.

 

Do tão corriqueiro e banalmente óbvio: as simulações constantes dos jogadores do Braga, a desmemória à Lei da vantagem sempre que o Benfica ficava em situação de excelência... uma jogada negada da Lei da vantagem ao Sálvio logo nos minutos iniciais, disse-me ou confirmou-me logo ali, tão prematuramente tudo sobre as reais intenções do boi tiago martins. Foi também permitido aos jogadores do Braga fazerem faltas recorrentemente sem respectiva punição disciplinar... pelo comentário da enciclopédia futebolista da sporkos tv chamam agora a isso de futebol musculado e repartido, de luta titânica pela supremacia territorial do meio campo. Chamam e apelam de intensidade e vigor na luta acessa e gigantesca pela conquista de milimetros de terreno de jogo e pela posse e demanda do esférico, de vibrante tenecidade dos homens do miolo... o rafeiro e imparcial comentador para além de enciclopédia futebolistica faz certamente sexo oral aos dicionários de lingua portuguesa.

 

O GOLO DE MITROGLOU E A VITÓRIA DO BENFICA NÃO PODEM JAMAIS RETRAIR A DISCUSSÃO DO ÓBVIO: estão todos unidos para nos tramar!

Não é de todo justo mudar as regras do futebol SÓ para o Benfica e nem ter sequer a digna decência de explicá-las. È necessario o clube solicitar reuniões de emergência!?... Não está correcta, a ordem das coisas.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:07

O futebol possui tem 17 leis, todas estabelecidas pelo International Board...

 

Mas ao que tudo indica vem aí uma 18ª Lei. Toda ela especial e especifica: Penalty contra o Benfica.

Criada e desejada pelos ignaros lagartos, é de total obrigatoriedade a sua aplicação (como é obvio) só nos jogos do Benfica. Os jogos em vez iniciarem-se com a bola no centro do terreno, iniciar-se-ão com Penalty contra o Benfica. E sem o guarda- redes na baliza.

Na eventualidade de o jogador / equipa não obter golo, o lance será carecidamente repetido até o golo ser efectivo.

Em termos práticos o Benfica deve iniciar os seus jogos com desvantagem no marcador. Penalty contra!

Assim a nobre arte de Boi apitador não corre risco de ficar sem os seus artistas...e talvez, talvez as vuvuzelas se calem. E salvaguardam o inocente e singular record que está na posse lagarta de 1680 dias sem grandes penalidades contra.

São ignaros, mas são sem dúvida de uma esperteza saloia a corja lagartada...com a 18ª Lei... uma cajadada dois coelhos!

 

Sabe-se também que os ignaros lagartos, preparam-se afincadamente para avançar com uma queixa contra o Jonas. Jonas não sabe usar os cotovelos.

 

p.s. Benfica, não dá para somar estas fezes do lagartinácio ao processo contra o badocha e seu grémio!?...È que é preciso pagar o salário ao Taarabt...uma queixa - crime contra este asqueroso ignaro .

«Foi uma decisão que já esperava. O Benfica domina o futebol português, tem os poderes todos, mas trata-se de algo ilícito, que salta à vista de todos. É uma tentativa clara de favorecimento para os próximos jogos,... O próximo árbitro a assinalar um penalty contra o Benfica será preso», 

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:45


É CERTO QUE A LEI EXISTE...

por BENFICA365, em 03.01.16

É certo que a lei/regra existe, mas também é certo que o futebol (ainda) é emoção!

 

È certo que a lei existe mas esta não deixa de ser inutil, parva, estupida e descosida! Que mal vem ao mundo e ao jogo, de o jogador tirar a camisola ou festejar junto ou com os seus adeptos na celebração de um golo? Porquê a necessidade de advertência disciplinar ao jogador?

O golo é a festa e a alegria do futebol, deve ser comemorado com o maior entusiasmo possível. Esta lei de atribuir cartão amarelo ao jogador que nos festejos e celebração de um golo tira a camisola ou festeje com os seus adeptos tem que ser revista, ou "estupidamente" ignorada pelos árbitros.  

Querem um exemplo de uma lei que os árbitros "estupidamente"  ignoram? ...e essa sim lesa o espectáculo.

A lei diz que os guarda-redes só podem segurar a bola nas mãos durante 6 segundos, nenhum deles (guarda-redes) não só não o fazem, como também abusam em soma e em tempo e não é por isso que os àrbitros fazem cumprir a lei. Só consultando biografia é que posso apontar um caso em que o árbitro tratou de cumprir com lei.

 

Porque entre muitos devaneios, revejo-me nestes momentos mais intensos e carregados de Benfiquismo, na minha mente é estúpido, é crime lesar a significativa importância de quem contribui com a maior parte destes momentos. Momentos esses que por vezes são "escritos" por heróis improváveis.

Renato ontem foi lesado, foi punido! Foi lesado e punido e tudo o que ele fez, foi apenas abraçar e agarrar-se aos seus adeptos, à sua gente, merecedora desses mesmos abraços, assim como o Renato também merecia e merece. Abraços e muito mais!

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:53


DESESPERADOS POR ALTERAR AS REGRAS

por BENFICA365, em 22.02.15

A cruzada continua, continuará.

Bem tentam! continuarão tentando! De todas as maneiras puxar, o Benfica para baixo.

Acolitam e tentam "vender" a sua primária veia de anti-benfica/ benfiquismo.

Sucede jornada após jornada, o lema de "castigar" o Sport Lisboa e Benfica só porque sim. Não interessa como, tudo vale na boca, na escrita de muitos cães de fila... nem que para isso as regras do jogo sejam ou tenham que ser alteradas só para as partidas do Glorioso.

Assim, fétida gente, transformou alguns casos ou lances em jogos do Benfica verdadeiros "assunto de estado".

 

  • Então no caixote sintético do Bessa, o Benfica foi beneficiado pois um jogador do Boavista em fora de jogo intervem na acção defensiva do Jardel, fazendo até falta sobre este, mas como consequência dessa acção foi um belo golo do Boavista, é de todo injusto anular golos de belo efeito mesmo precedidos de falta, é de tudo injusto não proteger o futebol espectáculo; - cagalhão rui santos

 

  • Então na pedreira do salvador fomos beneficados(?), porque permite-se e pode-se praticar "fut-kung-fu" sobre os nossos jogadores.  No rescaldo  indignados, com um amarelo mostrado ao Pardo, por simulação de um penalty, que na opinião de muitos fétidos "cu mentadeiros" e especialistas de apitagem devia ter sido mesmo penalty contra o Benfica! - ex_militar e Boi do apito pedro henriques. 

        O facto do Pardo ter partido, em posição de fora-de-jogo, não interessa prá nada...!!!; -

 

  • Então contra o Rio Ave na Luz , uma decisão certa por parte de um árbitro assistente mal colocado beneficiou o Benfica. Fomos beneficiados porque o arbitro deveria deixar passar um fora de jogo do jogador adversário, permitindo à equipa deste marcar um golo irregular e chegar à igualdade; - vários primários anti-benfica.

 

  • Em Penafiel, o árbitro num jogo do Benfica voltou a não proteger o espectáculo. O jogador Toni do Penafiel ao infringir as regras de jogo, puxar e agarrar a camisola do   adversário, mandam as regras que é lance punivel para cartão amarelo, no caso respectivo 2º cartão amarelo e bem expulso, jamais o árbitro devia colocar em prática as regras do futebol. Num jogo à partida com um desequilibrio de forças, o homem do apito desequilibrou e mal as forças já de si desequilibradas... é pá estou a repetir-me. Agora percebo o porquê da total isenção e prevaricação ao longo ou até ao minuto 90´ dos nossos adversários. Castigos disciplinar só a partir do minuto 90´ para a frente;

 

  • Contra o V.Setúbal, o Benfica é  beneficiado porque o árbitro não marcou uma grande penalidade contra. Até é penaltie, mas espera o jogador do V.Setúbal estava em fora de jogo!?;

 

  • Ainda ontem frente ao Moreirense fomos beneficiados porque um penaltie a favor foi transformado num (não) canto que por acaso até deu golo. Tipo mão escandalosa de mãogala transformado em canto e golo do Garay... sempre a ser beneficiado neste tipo de lance o meu Benfica;

 

São as novas "regras" em defesa do futebol espectáculo, que os àrbitros não estão a aplicar nos jogos do Benfica.

 

Ao invés os árbitros e bem, fomentam e implementam as novas regras com sucesso nos jogos de outros clubes e grémios. Entendo que merdia desportiva nacional devia estar mais atenta, e vanglorizar quando os árbitros apitam "bem". Fazer dessas situações também verdadeiros assuntos de estado.

Genial aquela nova regra do livre "Bi-toque" á lagartêdo.

Genial a distância regulamentar da barreira acrescida de "iva" na marcação de um livre.

Nos tempos deste novo futebol em que cada vez mais o próprio jogo de futebol pode ficar decidido nos lances de bola parada, estas duas novas regras em tudo beneficiam o futebol.

Brilhantes na interpretação dos lances em que alguma parte do corpo de um qualquer jogador (até porque já são vários) vai propositadamente de encontro aos cotovelos do indi.

O cuidado de manter a possibilidade de contumil colocar em prática a estratégia de jogar com mais que um guarda-redes se mantenha. 

Isto é que não vejo ser "elogiado" pelos defensores da verdade desportiva.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

Sábado passado, no meu grupo de amigos ( os que se alimentam de futebol) entramos em litígio sobre o que é (ou implica) um acto deliberado em que o jogador toca a bola com a(s) mão(s), em foco estiveram os lances dentro da área.

 

A lei diz que tocar a bola com as mãos implica um acto deliberado em que o árbitro deve ter em consideração os seguintes critérios:

  1. O movimento da mão na direcção da bola (e não a bola na direcção da mão);
  2. A distância entre o adversário e a bola (bola inesperada);
  3. A posição da mão não pressupõe necessariamente uma infracção;
  4. O facto do contacto com a bola ser feito com um objecto que tem na mão, ou através de um objecto lançado com as mãos (peça de vestuário, caneleira, etc.), não deixa de constituir infracção.

 

Na minha opinião a lei não é muito clara em relação a aspectos como o facto de ter o braço junto ao corpo ou os braços afastados. Salienta-se o facto de, para ser penalti, tem de haver um acto deliberado, ou seja, alguma intencionalidade em usar o braço na jogada. Como tal, abrir os braços durante um salto para impedir por exemplo um centro, pode ser considerado uma intencionalidade como também um movimento normal dinamico e fisico dos braços do jogador para a jogada. Na minha interpretação da lei, estas situações podem ser muito bem passíveis de grande penalidade.  Fica ao critério do árbitro.

 

Quanto à distância, fica ao critério do  árbitro. Decidir se a distância é curta o suficiente para que qualquer movimento da mão em relação à bola não seja considerado intencional, uma vez que o tempo decorrido é menor que o tempo médio de reflexos do jogador. Só a partir do tempo médio de reflexos do jogador é que se pode dizer que qualquer movimento de braços do jogador é consequência directa da sua intencionalidade para com a jogada.

Em resumo e no meu critério: é penalti só se o jogador mexer o braço com intenção de tocar a bola, independentemente de onde se situar o braço (junto ao corpo ou afastado).

 

O problema são os critérios: e cada árbitro tem os seus, ou o problema é a lei que não é muito clara?

 

Os tira-teimas ficaram com cada um nós, sem afectação ou glorificação, cada qual tomou sua opinião em situações/exemplos surgidos ao longo do litígio. E como divergimos!

Não estou aqui a fazer  a defesa dos árbitros, porém o critério para assinalar uma grande penalidade neste tipo de lances deveria ser mais uniforme, estabelecer um padrão homogêneo. E nisso a arbitragem no Reino Unido dá baile a todos.

Porque estabelece padrões ( não vou discutir se concordo ou não com os padrões tomados), e a toda arbitragem segue-os. Toma-os como regra. Não é por bobeira, ou à toa que conseguimos chamar ou identificar uma arbitragem à inglesa. E não conseguimos fazer com outras "nacionalidades do apito" porquê?

Os árbitros ingleses são a referência, não pelas suas craveiras, ou performances individuais porque também tomam decisões incorrectas, mas pelos parâmetros/ critérios definidos na interpretação das leis do futebol homogêneos entre todos os árbitros. As tomadas de decisão pelos  árbitros em Inglaterra em determinados tipos de lances são muito mais aproximadas entre si.

E era isto que gostava de ter em Portugal, critérios mais aproximados entre os senhores do apito. Devemos aprender com os melhores.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:56

Se és dos que já chegaram a um ponto,  onde consideras-te como adepto e consumidor de futebol  que andas aos papeis, porque as regras mudam de semana para semana, SÓ PARA OS JOGOS DO BENFICA, as regras do fora de jogo são disso um bom exemplo. e esse ritmo vertiginoso  te confunde, e muito palerma com direito de antena ainda te confunde ainda mais, deves prestar atenção a este post. Senão não preenches os requisitos caga no post.

 

Caros tótos, e caros palermas anti-benfica que têm direito de antena na tv e direito a colunas nos jornais e pasquins nacionais:

Em linhas gerais, para que um jogador esteja impedido(EM FORA DE JOGO), duas condições precisam ser satisfeitas simultaneamente:

  • Ele precisa estar em posição de impedimento; e
  • Ele precisa interferir na jogada em curso.

Vamos tomar por exemplo, o golo reclamado do lagartêdo durante o jogo com o Paços de Ferreira:

  • Slimani está em posição de impedimento; e
  • Slimani interfere na jogada em curso;

Porque razão está o lagartêdo indignado??? Porque razão o golo teria que ser validado???

 

Confesso que esta obsessão compulsiva verde-azulada em forçosamente querer  "violentar" as regras para seu beneficio ou prejuizo de terceiros - o BENFICA está a deixar-me em paradoxo, com algum humor e com alguma apreensão para o futuro.
Estes tótos e outros palermas que tais, são para mim (quase) uma autêntica nulidade, paradoxalmente não entendo porquê perco tempo em tentar percebe-los. Talvez por achar piada, a força por trás de toda uma atitude, caem no ridiculo e depois não querem ser chamados de palermas, estupidos , bêbados ou simplesmente palhaços..e f0d@-se são tantos. Claro que fico apreensivo, a época é longa e até lá podem mudar as regras e podemos não estar preparados, como todos assistimos em Braga não estavamos!

 

Já agora Caros tótos, e caros palermas anti-benfica que têm direito de antena na tv e direito a colunas nos jornais, revejam a "lei do penalty",  e depois digam qualquer coisinha, (cedric e casemiro) num desses lances até dava direito a expulsão.

Aqui, na aldeia, era só o que faltava permitir aos tótos, bêbados, palhaços, ou pior intelectuais prostituidos  enxovalhar o Sport Lisboa e Benfica.  Comigo é piar baixinho.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:26


Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •