Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O futebol possui tem 17 leis, todas estabelecidas pelo International Board...

 

Mas ao que tudo indica vem aí uma 18ª Lei. Toda ela especial e especifica: Penalty contra o Benfica.

Criada e desejada pelos ignaros lagartos, é de total obrigatoriedade a sua aplicação (como é obvio) só nos jogos do Benfica. Os jogos em vez iniciarem-se com a bola no centro do terreno, iniciar-se-ão com Penalty contra o Benfica. E sem o guarda- redes na baliza.

Na eventualidade de o jogador / equipa não obter golo, o lance será carecidamente repetido até o golo ser efectivo.

Em termos práticos o Benfica deve iniciar os seus jogos com desvantagem no marcador. Penalty contra!

Assim a nobre arte de Boi apitador não corre risco de ficar sem os seus artistas...e talvez, talvez as vuvuzelas se calem. E salvaguardam o inocente e singular record que está na posse lagarta de 1680 dias sem grandes penalidades contra.

São ignaros, mas são sem dúvida de uma esperteza saloia a corja lagartada...com a 18ª Lei... uma cajadada dois coelhos!

 

Sabe-se também que os ignaros lagartos, preparam-se afincadamente para avançar com uma queixa contra o Jonas. Jonas não sabe usar os cotovelos.

 

p.s. Benfica, não dá para somar estas fezes do lagartinácio ao processo contra o badocha e seu grémio!?...È que é preciso pagar o salário ao Taarabt...uma queixa - crime contra este asqueroso ignaro .

«Foi uma decisão que já esperava. O Benfica domina o futebol português, tem os poderes todos, mas trata-se de algo ilícito, que salta à vista de todos. É uma tentativa clara de favorecimento para os próximos jogos,... O próximo árbitro a assinalar um penalty contra o Benfica será preso», 

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:45


A POLÉMICA DECISÃO DE GERMAN DELFINO

por BENFICA365, em 07.04.15

German Delfino, árbitro argentino, durante o jogo entre o Velez e Arsenal Sarandi, voltou atrás na marcação de uma grande penalidade e na expulsão de um jogador do Arsenal, depois de ter recorrido à repetição da jogada na televisão através do seu assistente.

No final do jogo, o juiz estava orgulhoso pela decisão que tomou;

"Foi muito complicado tomar esta decisão, mas vou tranquilo para casa por ter sido feita justiça."

O caso está sob inquérito da Federação argentina e German Delfino poderá ser irradiado da arbitragem por  tomar a decisão certa. 

 

Bem... é de admitir que German Delfino é um árbitro muito inovador e com eles no sítio, mas não pioneiro, não é o vanguardista deste tipo de "inovações". O insólito também já aconteceu por terras lusas, passou foi (quase) despercebido, incógnito, como sempre convém quando é contra o Benfica. O caso "luso" (recurso às imagens) ocorreu este ano em Paços de Ferreira, quando Bruno Paixão assinalou penaltie contra o Benfica ( e é evidente que é penaltie) a mando do 4º árbitro Manuel Mota. No entanto teimo e aposto se no caso "luso" a decisão fosse em prol do Benfica tenho a certeza que os mesmos silenciosos avençados que andam sempre por aí, prestavam-se a um cagaçal defendendo que o recurso ás imagens televisivas não é permitido e simultaneamente invocavam os árbitros de tudo e mais alguma coisa e solicitavam a sua irradiação.

Os mesmos avençados  sobre este caso "argentino" fartam-se de elogiar a atitude de German Delfino e clamam incessantemente as novas técnologias para o futebol. Sendo isto também insólito. 

 

Na minha modesta opinião, este caso "argentino" vem alimentar a discussão, em relação ao recurso às novas tecnologias e ou vídeo árbitro para auxiliar a arbitragem. E entre pedirem escusa ou dispensa para as últimas cinco jornadas por causa de 380 mil euros, de jornada após jornada serem pais de "novas inovações" ( não sei se alguma dia estarei acostumado), os árbitros deveriam ser os primeiros a defender a sua classe. Sobre os árbitros recai muita responsabilidade e entre o acertar e não acertar nas suas decisões, fabricam-se muitos campeões e toda a ajuda é bem-vinda! Deveriam ser os primeiros a bater o pé à FIFA e ao  International Football Association Board (IFAB) sobre a introdução das novas tecnologias e ou vídeo árbitro.

Tudo o que fosse para ajudá-los a tomar decisões correctas, a repor verdade desportiva devia ser defendido e não "irradiado".

Espero que este caso traga algo há muito esperado pelo futebol. Está a vista de todos mais uma forte razão para que se force, acelere as alterações, as mudanças que o futebol moderno exige cada vez mais. 

Tenho plena convicção que German Delfino será irradiado, é pena. Fica o seu legado.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:40


Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •