Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Está requerido, acreditado e santificado... é a "nossa" sina! 

È Benfica, é sofrer mais!...

A inevitável sina apanhou Krovinovic...

Lamentar a "nossa" má sorte... áhh e tal no final de um jogo brilhantemente bem resolvido, num lance sozinho... cansa!

Animo!!! Que volte com muitas ganas!!!

 

Abrem-se as portas aos treinadores de bancada, onde não me excluo, é "divertido"!

Examinando Rui Vitória, um pouco de razão ou pouco de loucura, tudo lhe assiste, mas creio que na ausência até final da época de Krovinovic Rui Vitória não voltará ao "extinto" 4-4-2.

Logo, candidatos ao lugar do craque sérvio dentro do Clube temos, desde ao mais natural ao mais aparentemente não natural: João Carvalho, Samaris, Zivkovic, Keaton Parks, Gedson, Filipe Augusto NÃO!... como opção também podiamos fazer regressar o Horta e ou o Cristante... Taarabt e talisca NÃO!

Fora do Clube, podiamos tentar Manuel Fernandes... 

Creio que o João Carvalho pelas caracteristicas de a bola no pé é a "cópia" mais idêntica ao croata, ainda assim eu entregava o papel de Krovinovic ao Zivkovic pela melhor combinação dimensão fisica e técnica que este pode prestar ao jogo em relação comparativa com o João Carvalho...

Atrevo-me a dizer que o João Carvalho não tem ( e dúvido até de futuro) dimensão fisica para o "4-3-3" do Rui Vitória

Num meio campo a três, o João Carvalho, Pizzi, Fejsa... lamento muito pelo Fejsa e pelo Benfica.  

A verdade é que a "nossa" sina criou oportunidade para alguém, pois a quem Rui Vitória delegue essa sorte, que saiba agarrá-la!!!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:52


DIREITINHOS PARA A EQUIPA ...???

por BENFICA365, em 01.07.17

Chris Willock e Cristian Arango chegam ao Benfica....

Haverá espaço ou oportunidades para eles vingarem na equipa principal?

São duas, três se juntarmos ao Martin Chrien, novas apostas em jovens fora "Seixal".

Não digo que o seguimento desta politica desportiva esteja errada, acredito até que é certa, por vezes o grande mal dela são as grandes expectactivas que os adeptos criam em redor dos jogadores, dos "excessos" criados à volta daquilo que os jovens jogadores ainda não são. 

A verdade é que eles (os jovens) prometem e muito!...  dai a também naturalidade dos excessos.

O Benfica tem apostado e tem falhado muito, por vezes tem se espalhado ao comprido, forte e feio!... mas não quer isto transmitir que a politica esteja errada, apenas terá que ser melhorada e rigorosa. Quero e acredito profundamente que é nisso que os responsáveis do Benfica incidem o seu trabalho.

 

Note-se em exemplos mais recentes: Kalaica, Cristante, Bilal, Friesenbichler, Jovic, Sapojnic, Lystcov, Dawidowicz, Mukthar, Vera, Sarkic, Jonathan Rodriguez e tantos mais... e bem mais lá para trás Lindelof... e só este último é que atingiu o topo.

De todos aqueles que apontei, um a um, todos chegaram ao Benfica com muitos créditos. Eram apontados como promessas/ talentos nos seus países, alguns já apresentavam-se como internacionais "A", outros campeões europeus de futebol jovem... todos alimentaram-nos o nosso imaginário...

O Cristante enchia-me as medidas e como prezado treinador de bancada "pedi encarecidamente" mais oportunidades para o jovem italino ao técnico da altura...

Jonathan Rodriguez, chegou e conquistou imediatamente uma aura e uma empatia tremenda com os adeptos, chamem-me louco, mas logo à primeira, o veredicto foi, que puta de craque, temos jogador mas...

Bilal foi uma enorme decepção...

Factos são factos, "foram a jogo" pela equipa principal e pela equipa B, "foram a jogo" pelas equipas que os receberam como emprestados e a verdade é que até agora falharam atingir o maior dos créditos, afirmarem-se no topo do futebol profissional.

 

O talento detectado precocemente, talento esse que hoje em dia já se paga muito bem, o Seixal prova-o, não acompanhou-os até ao futebol sénior. Muitas das vezes, os riscos e os perigos da transição são muitos, é pegar ou largar!... 

O que não faltam são estórias reveladas mais tarde por responsáveis de Clubes, treinadores que "perderam" craques por uma questão de "estúpidos" detalhes. E ao contrário também é verdade, comprou-se lata julgando ser prata, até ouro.

E apesar de tudo o que futuro foi escrevendo desde que foi contratado, Cristante , Jonathan Rodriguez eram mesmo de pegar!

 

Seja como for, que seja o trabalho dos "C(h)ris" a determinar as suas próprias oportunidades.

Sejam Bem Vindos ao Sport Lisboa e Benfica!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:19


CARECEM DE SOLUÇÃO

por BENFICA365, em 26.06.16

Muitas são as indefinições no plantel que vai atacar o Tetra.

As inevitáveis "gestões pessoais" de todas as pré-épocas.

Quem fica, quem deve ficar!...

Quem entra, quem devia entrar!... 

Quem sai, quem deve mesmo sair!...

Quais são os jovens mais preparados da equipa B que merecem uma oportunidade...

Quais os retornos, quem devia ser emprestado, etc...

 

Entre as excessivas situações, muitos são os  jogadores que é necessário avaliar, sobre quem terá oportunidade de fazer a pré-época com a equipa principal, e sobre estes, quem será encaminhado para outros clubes ou vender.

A minha ideia, é negociar a título definitivo muitos desses activos e realizar dinheiro, assegurando sempre uma(baixa) cláusula de recompra e ou uma percentagem no passe, para o caso de terem sucesso e voltarem a interessar ao Benfica. Estilo Real Madrid.

 

Entre as excessivas situações e ou indefinições, para mim por razões todas elas obviamente diferentes e específicas de cada qual, existem quatro que são prioridade, carecem de uma (célere) solução definitiva.

Face ao trabalho realizado pelo Rui Vitória até agora, e ao que se passou ao longo da finda época, as indefinições Taarabt, Djuricic, Cristante, Ola John indicam que não contam para o totobola.

E honestamente, cada caso é um caso, mas o tempo destes acabou no Benfica.

 

Valerá a pena, abordar Taarabt?

È merecedor de uma valente sova, é merecedor de umas valentes chibatadas. Quem se auto- destrói, quem priva os comuns inatos de falta de talento, mas "amantes" do desporto-rei de assistir e regalar à predestinada magia que brota daqueles pés, não merece nada. Taarabt antes de tudo e mais alguma coisa é um sacana por "esconder", violar e profanar o dom que nasceu com ele.

Transportar este fado para dentro do Benfica, coloca-me ainda mais revoltado.

Taarabt é caro, é mau profissional, não é merecedor sequer de meia oportunidade, é desejado e é muito bom que façam um belo de um embrulho, todo jeitosão e bonitão, coloquem o selo prá Turquia, prá China, não quero saber... com o objectivo claro e definido de realizar uma valente soma de notas... ou que dê ao menos para pagar as despesas da graça e da mordomia gozada pelo jogador ao longo da época.

 

Djuricic, (ainda aos 24 anos) julga-se a melhor bolacha do pacote, fruto (talvez) da idade, ou de demasiado mimo.

È um bebé birrento e endeusado por aqueles que lhe são próximos.

Faz birra e peito ao treinador, faz birra e peito ao "Rui Costa", faz birra e peito ao Clube...

Deixo-lhe um aviso, a idade vai passando, é bom que acorde para a vida, senão não chegará a lado algum, pelo menos ao(s) destino(s) triunfantes da alta roda do futebol mundial que se lhe profetizavam.

Bolinha no pé, é ele e mais dez. Agora colocar intensidade e vontade num jogo em que em noventa minutos, um jogador passa oitenta e cinco (gandá a Renato) minutos ou mais, sem a "respectiva", Djuricic roça o ridiculo, roça o zero, a nulidade.

Foram oito milhões pagos pelo sérvio birrento, faça (as nossas) contas caro Presidente, tente e esforce-se para (in)voluntárimente engodar alguém, da Bélgica, da Turquia, da China, sei lá, continuo a não querer saber... alguém... de modo a atenuar os oito milhões, de modo a não perdermos tudo.

 

O meu mais fiel companheiro desta bela condenação de ser Benfica, definiu há uns tempos atrás numa simples e curta declaração o perfil de jogador que é o Ola John.

" O sacana tem tudo e nada ao mesmo tempo".

Confesso que durante muito tempo foi fiel depositário de muita esperança, sempre aguardei que Ola John detonasse o futebol explosivo que este tem nos seus pés... mas porra num mesmo segundo que ele enchia-me de esperança, ele esvaziava essa mesma esperança..."tudo e nada ao mesmo tempo".

Foi-se, acabou-se, essa esperança!

À semelhança de Djuricic, Ola John também custou-nos uma bela pipa de massa... é um jogador que dificilmente o Benfica obterá retorno financeiro... só se for uma "chinesice".

 

Cristante, dá-me pena.

Algo passou-se de errado com este puto.

Foi próprio dele (?), foi a forte concorrência que tinha no Benfica, que pouco a pouco retirou-lhe toda a confiança e a aura de (futuro) craque italiano (?), facto é que no modesto Palermo, Cristante foi demasiado discreto e insignificante.

Não deu aquele salto, não catapultou a justa fama vinda do seu percurso de formação para o futebol sénior.

Vinte e um aninhos, ainda vai a tempo de fazer a desejada transição!?

Ainda goza de um certo estatuto em Itália, é o caso ideal para o Benfica realizar dinheiro, assegurando sempre uma (baixa) cláusula de recompra e percentagem no passe, em caso de sucesso do jogador e obviamente se este voltar a interessar ao Clube.

 

Na minha opinião, a SAD, Luis Filipe Vieira e Rui Vitória não deviam adiar por muito mais tempo estes dossiers. Pelo menos o do Taraabt.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:54


OS TRICAMPEÕES - UM A UM

por BENFICA365, em 16.05.16

Em poucas palavras, ou numa singular adjectivação, os "Homens" que encarregaram-se de prendar-nos com o Tricampeonato!

 

Júlio César- Imperador;

Ederson- Tremendo;

Paulo Lopes- Benfiquista;

André Almeida- Seguro e certinho;

Nélson Semedo- Empolgante:

Jardel - Foi um lider na ausência do Capitão, mas a adjectivação mais correcta é: Guerreiro;

Lindelof- Glaciar;

Eliseu- Constante;

Grimaldo- Promissor;

Sílvio- Suplente;

Clésio- Brincadeirinha do Rui Vitória;

Luisão- Líder, Capitão;

Lisandro- Arrojado

Fejsa- Varredor, tractor, Talismã (o homem só sabe ser campeão)

Pizzi- Fulcral;

Renato Sanches- Trinta e cinco;

Sálvio- Lutou para superar as suas próprias adversidades. Esta época não contou, mas para a próxima Sálvio vai partir a loiça toda.

Samaris- Utilitário de luxo;

Gonçalo Guedes- Em ebulição;

Gaitan- Mágia, arte, criatividade;

Talisca- Taliscada;

Carcela- Petulante;

Cristante- ainda tenho esperança neste puto;

Nuno Santos- Azarento;

Ola John- Tudo e nada ao mesmo tempo;

Vitor Andrade- Copy paste de  "mau" Robinho;

Djuricic- birrento, bebé chorão, menino mimado;

Jonas- Marca, joga, faz jogar, Brutal, o dono disto tudo!;

Mitroglou- De pobre dispensado pelo "criador" a Todo Poderoso no ataque do Glorioso;

Jimenez - Mantorras mexicano;

Jovic- futuro?

Adeptos- Et pluribus unum, COLINHO;

 

Rui Vitória- È com muito orgulho que recebo esta "bofetada" da parte do nosso treinador. Orgulhoso por engolir tudo o que eu disse.

Em primeiro lugar as minhas sinceras desculpas ao Rui Vitória. Pelas atrozes e impiedosas palavras, pelos paupérrimos palpites de treinador de bancada, na altura entendi que tudo isso era justo, faltou-me paciência... mas o quanto, queria estar errado! Pelo Benfica nunca desejei tanto estar enganado. Obrigado, muito obrigado, Rui Vitória por provares que estava errado! Vences-te por ti, vences-te por nós, vences-te pelo Benfica.

 

Luis Filipe Vieira- Corajoso! Definiu uma estratégia, apostou, para já saiu premiado! Parabéns, Presidente!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:05


CASA ARRUMADA!?

por BENFICA365, em 02.02.16

O mercado de Janeiro serviu essencialmente para o Benfica arrumar um pouco a casa.

Foram cuidados alguns "excessos".

O Benfica manteve-se "sereno" nesta (re)abertura de mercado. Entre saídas e entradas, balanço feito não poderei jamais afirmar que o Benfica tenha posto em causa os seus objectivos desportivos. No essencial:

 

Sairam por empréstimo Djuricic para o Anderlecht, Cristante para o Palermo. Ambos  não figuravam entre as primeiras escolhas de Rui Vitória, os respectivos empréstimos  trataram-se assim da melhor solucão entre as partes. Que se destaquem, notabilizem, que capitalizem junto dos novos clubes a vontade destes exercer a opção de compra, pois é preciso recuperar pelo menos parte da simbólica quantia de 12 milhões empatada nestes dois. È com muita pena minha que Djuricic e Cristante não tenham vingado no Benfica e ambos, mais até Djuricic, têm culpa própria no cartório. Djuricic parece que aos 24 anos (feitos recentemente)  ainda não entendeu o que é preciso para ser profissional de futebol e principalmente para o ser num clube como o Sport Lisboa e Benfica. Ser só bom de bola, não chega, nunca chegará.

 

O Guimarães acolhe João Teixeira e Vitor Andrade também por empréstimo.  Em relação a João Teixeira,  depois das saídas de Cancelo, Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro, este figurava-se na linha da frente para ser o modelo do novo paradigma...algo falhou, o João estagnou, digo até, retrocedeu na sua evolução. Nesta fase sem espaço na equipa principal e alinhar pela equipa B seria mais do mesmo i.e. pouco ou nada benéfico para o jogador, esta saída por empréstimo para o Guimarães poderá ser rica para o João Teixeira.

Já Vitor Andrade, tem caracterisitcas que aprecio ver num extremo, sem medo de arriscar no 1X1, no 1X2, sempre na alta rotação em busca da baliza contrária. Mas infelizmente Vitor Andrade como jogador de futebol "acaba" aí. Deslumbra-se e perde-se em fintas inconsequentes, perde-se no excessivo individualismo, força em demasia o 1X1 e o 1X2, perdendo a bola e irritando profundamente os adeptos e os próprios companheiros de equipa que ao criar espaços a bola não lhes chega. E ao que tudo indica a cabeça não acompanha o talento que tem nos pés e comete alguns excessos "taraabatianos". Que "ruim conceição" abra-lhe a cabeça e meta-lhe juizo na moleira. Que amadureça em Guimarães.

Ainda existem alguns mercados abertos, situação na minha opinião de aproveitar para resolver o "excesso" Taarabt. De preferência um mercado onde o preço do gin seja baratucho, é nessa tentação que vamos despachar o Taarabt mais rápido.

 

Quanto a entradas, o primeiro reforço a chegar foi o defesa esquerdo Grimaldo mas creio que este não será uma verdadeira alternativa para esta época. Para o ano adaptado ao Clube, aos adeptos e a Portugal aí sim poderemos ver Grimaldo em acção. Chegaram dois jovens sérvios, ambos pontas de lança Sapojnic já tem alinhado pela equipa B mas ainda é cedo para tecer algo de muito concreto sobre o jogador, o outro Jovic, creio que mesmo que treine com a equipa principal, as suas oportunidades surgirão pela equipa B. Se confirmar os seus créditos terá o seu tempo e oportunidade para brincar à bola com o Jonas e o Gaitan. Creio o mesmo em relação ao regresso do Guzzo. Será uma total surpresa, mas das boas que Guzzo seja a alternativa ao Renato.

Em síntese, é o Benfica a pensar no futuro, tratasse de uma clara aposta em jovens com potencial, com risco financeiro residual, praticamente irrelevante que espero sejam mais valias desportivas num futuro próximo (uns mais rapido que outros) e claro posteriormente mais valias financeiras. Repito é o Benfica a cuidar de si, a pensar no futuro, a estes somamos o acertado Cervi e os "eventuais" e especulativos André Carrillo e Zivkovic.


De saída do clube (desvinculação?) para terras do rei Marco Silva partiu umas das "piadas" da época que Rui Vitória provocou aos adeptos numa fase precoce do campeonato Clésio. È da praxe...Que tenha sucesso!

Notícia  SLB, foi também o internacional sérvio Fejsa prolongar o contrato por mais uma temporada, ou seja, contas feitas, o vínculo é agora até Junho de 2019. Faltará Fejsa rescindir definitivamente com as lesões. Fejsa em condições é um poderoso trinco. Mas mais uma vez, Fejsa está na enfermaria. O sérvio vinha sendo fundamental na recuperação do Benfica. Mas como esperado, a sequência de jogos do médio termina  agora. E o normal nas lesões do Fejsa é que são para durar semanas...não sei até que ponto esta renovação é boa para o Benfica?

 

O que desejo resolvido com algum cariz fundamental e uma certa urgência é que o Júlio César efectivamente pegasse "mont blanc" e rubricasse a sua assinatura na renovação do contrato. Assim como o desejo que o Benfica accione a cláusula de compra do "bicho" Mitroglou, o "inimigo" do Jonas, junto do seu clube de origem.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:23


PERDIDO POR UM, PERDIDO POR MUITOS

por BENFICA365, em 29.10.15

Pizzi, Talisca há muito que são mais problema do que solução...

Acredito que André Almeida, é muito mais útil na lateral direita do que no centro do terreno...

 

E perdido por um, perdido por muitos, nada se perde apostar num meio campo composto por Samaris e Cristante frente ao Tondela para a Liga NOS.

E com o castigo europeu de Samaris...

E perdido por um, perdido por muitos, nada se perde apostar num meio campo composto por Cristante e Renato Sanches frente ao Galatassaray para a Liga dos Campeões.

 

Jà declarei as minhas intenções de treinador de bancada junto aos Benfiquistas que me são próximos, (e agora partilho-as com outros Benfiquistas mais), recebi deles feedbacks do tipo:

«...há um pouco de razão na tua loucura....mas não»;

«...Lembra-te, escolhas erradas resultam em arrependimentos e frustrações...»;

«...ou vai ou racha...perdido por um, perdido por muitos...»;

«...é preciso um golpe de loucura na cabeça de Rui Vitória...não, não e não»;

 

Se Rui Vitória continua tentando e tentando, errando porquê não experimenta os putos? O italiano e o português. Por fim até pode acertar!... Reconheço tanto num como noutro qualidades para impor e fixar o seu futebol na equipa do Benfica.

Podem apontar a falta de experiência dos putos, porém como não se pode criar experiência, é preciso passar por ela, e só se passa por ela jogando. 

È  lançar os putos às feras!!!

Porra! Ando tão saturado, copioso, irritado, desesperado com as inúmeras oportunidades dadas sempre aos suspeitos do costume e incessantemente com a mesma amargura de resultados, que perdido por um, perdido por muitos, nada se perde (a não ser mais da mesma frustante porcaria) que a criação de algo novo na equipa do Benfica é consumada e despertada pelo instinto desta minha necessidade pessoal.  Quero ver algo novo, arriscar se(m)edo,  nem que depois o resultado da experiência alçancado não seja o desejado...

 

Aquilo que deveria ser uma aposta na formação de forma gradual, equilibrada, ponderada e integrada num colectivo forte, coeso, experiente e competitivo acabará por ser uma medida agoniante, de desespero e completamente inversa ao que se desejava. Pois os putos têm que ser lançados improgressivamente e em catadupa face à vão e débil resposta de muitos dos elementos do plantel principal quando chamados a jogo e face também a um colectivo "esfrangalhado", desarmónico e desligado entre sectores. (obrigado pela dica filosófica Iliustre Isaías)

Não é para ter dores de crescimento!? São inevitáveis!? Então que sejam dores significantes diante do volume de sofrimento que vou/vamos passar! Crescer custa, demora, esfola, mas compensa. Que se lance os putos às feras!

Por mim: Carrega Cristante, Carrega Renato!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:55


RESPONSABILIDADE E OBRIGAÇÃO!

por BENFICA365, em 16.10.15

A quem Rui Vitória, irá estender a mão pela primeira vez ?...

Ao Taarabt, ao Cristante, ao Djuricic, ao Nuno Santos, ao J. Teixeira, ao Lindelof?...

Ou Rui Vitória deve (antes de mais), continuar a estender a mão aqueles que à data têm sido as imediatas alternativas aos titulares: Lisandro, Carcela, Pizzi, Talisca, Jimenez, Vitor Andrade, Fejsa!?

Quem irá agarrar a oportunidade, ou quem a deixará passar?

Todos, nenhum, só o .........

 

Mas antes de tudo isso, é bom que estes jogadores entendam que somos Benfica, somos mais fortes, assumimos o favoritismo assim como a nossa responsabilidade e obrigação de mostrá-lo dentro campo.

Arrisco o meu onze: Júlio César - Lindelof - Jardel - Lisandro - Silvio - Cristante - Carcela - Vitor Andrade - Djuricic - Talisca - Jimenez

 

Rui Vitória, colocará um onze diferente do costume, daí prevejo algumas dificuldades, talvez a surpresa que mais não seja do que nos primeiros minutos do encontro este seja um jogo disputadíssimo e equilibrado com um Vianense a lutar até à exaustão.  Nem que seja pelo cansaço físico dos jogadores do Vianense, os golos vão surgir.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:45


DIZER NÃO, QUANDO É NÃO!

por BENFICA365, em 03.09.15

Terá Luis Filipe Vieira aprendido a dizer não?

 

  • «Vieira diz não a 10 milhões de euros pelo jogador Luisão» - Noticia Rascord

 

  • «...SAD encarnada rejeitou vender o jovem médio Cristante por uma proposta  entre 16 a 20 milhões de euros...» - Noticia Rascord

 

  • «...Rui Vitória "ganha" Gáitan...» - Noticia Rascord

 

  • « Vieira impede saída de Almeida» - Noticia CM

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:28


OBJECTIVOS ALCANÇADOS: BENFICA -4 AROUCA- 0

por BENFICA365, em 14.01.15

Os objectivos para este jogo passavam pela oportunidade para ver gente nova a actuar. Assim como os jogadores menos utilizados.

Pô-los a competir! Sílvio, Sulejmani, Gonçalo Guedes, Rui Fonte, Pizzi, Cristante, Derley.

Depois obviamente alcançar  a vitória. 

Tudo alcançado, perfeito!

 

Mesmo com muitas mexidas no onze, o Benfica mostrou sempre ser superior ao Arouca.

O jogo prendia-se pela questão de sempre: até onde vai a resistência(?), quando o Arouca iria quebrar(?), até quando conseguiria adiar  o 1º golo(?).

Ainda durou meia hora... ficou tudo mais fácil a partir do minuto 29: penalty, expulsão para o defesa do Arouca e Golo do Benfica. Tripla penalização para o Arouca.

A partir desse momento o jogo deixou de ter sal e pimenta, o jogo ficou condicionado, daqui para a frente tratava-se (só) simplesmente da história dos novos golos.  Quem se destacaria nesse capítulo, a assistir, a marcar e de que maneira seriam obtidos. Seria o mais natural do resto do treino, perdão do resto do jogo.

 

Mas sendo treino ou jogo é tudo igual para o Maxi (tratem da porcaria da renovação), preferia que Gonçalo Guedes e o Rui Fonte não tivessem saido ao intervalo, dando lugar aos consagrados Sálvio e Jonas, mas o mais importante é o Benfica e o Sálvio precisa de carburar para estar em alta voltagem no campeonato, e Rui Fonte vem de uma lesão.

Até no treino, as lesões não desarmam os jogadores do Benfica, o arraso chegou agora aos centrais. César a atravessar o seu melhor momento deste que chegou ao Benfica é a nova vitima. Estava capitalizando o seu potencial e as minhas preferências.

Pizzi destacou-se, digamos que faz muito bem a parte ofensiva que competia a Enzo, falta a parte defensiva,  a intensidade e a entrega que o argentino colocava dentro de campo. Não estou a dizer que Pizzi não têm , simplesmente ainda não deu para ver, nos minutos que Pizzi jogou até ao momento.

 

Agora, venham para a ilha, venham preparados para a xistralhada.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:38

Jogo muito competente do Benfica. 

Desafio superado, vantagem reposta para a agremiação corrupta. 

 

Novo ano, velhos hábitos, mas com alguma "malta nova" a jogar. 

Estive muito atento ao desempenho dos "novos" e não propriamente atento às incidências do jogo.

Porque acreditava profundamente que a vitória seria nossa, estava tranquilo.

Não nos podemos desligar da realidade, os "reforços" irão demorar a adquirir ritmo competitivo e até em muito mais tempo do que se possa julgar. Veemente são nestes jogadores, nesta "malta nova" que por cá já andava que temos de apostar, são estes que terão de jogar e aguentar o barco, rumo ao 34 e à conquista da Taça da Liga.

Fiquei satisfeito, em alguns casos mais do que satisfeito com as respectivas exibições individuais. Não sendo o Penafiel um peso pesado desta Liga, é importante esta "malta nova" adquirir rotinas de jogo, rotinas de equipa, para quando os pesos médios e os pesos pesados desta Liga surgirem pela frente, estes digam presente.

 

Destaco imediatamente Cristante, novo no B.I, novo no Benfica.

Quando o moço ganhar presença física, intensidade de jogo e claro traquejo e matreirices próprias da posição  será um caso sério. Técnicamente é evoluído com pézinhos de veludo, e procura sempre sair a jogar é notório o seu crescimento.

Lisandro, surpresa (pelo menos para mim) pela titularidade, não pela sua qualidade individual mas sim porque César tinha sido a aposta nos últimos jogos após a "saída" de Luisão. Esteve impecável no seu papel.

Talisca, também novo no B.I., novo no Benfica. Embora com mais vivência dentro de campo que Cristante, pelo conhecimento do jogador da parte Jorge Jesus ele jogará onde ele assim entender, Talisca tem o potencial para jogar e ou fazer várias posições e tem golo, não é um jogador experimentadissímo, mas calma tudo a seu tempo. Nós adeptos também temos que fazer o nosso papel, não podemos olhar para Talisca com os mesmos olhos que olhavamos para Enzo desta maneira não vamos ajudar o jogador. E creio que não é o Talisca o "manel" para o lugar do Enzo.

Ola John, continua num ping pong exibicional, boas decisões, más decisões; tem gás , não tem gás, hoje muito melhor do que no último jogo, com saldo positivo nas tomadas de decisão. Não consigo passar uma esponja em algumas paupérrimas jogadas do Ola John, mesmo que no momento anterior o homem tenha levantado o estádio, sinceramente até poderá ser defeito/ pirraça da minha parte, mas Ola John será sempre Ola John.

 

Os velhinhos estiveram todos empenhados, Maxi com a braçadeira e sempre na sua habitual rotação, despachem lá a m€rd@ da renovação, Jardel competente, Lima esteve sensacional no 1ºgolo, desmarcação, dominio de bola após passe longo, depois  classe na finta ao tirar o defesa da frente e a colocar a bola redonda em Talisca, ou seja sem marcar mas importante, Jonas joga bem (hoje não tão bem),  marca e é importante que o homem continue viciado nos golos, Gaitán foi operário, André Almeida é garantia , e Júlio César  tranquilo e a ver as vistas de Penafiel.

 

Não entendo o retardamento das substituições. Não gostei!  logo após o 0-2 Jorge Jesus poderia proceder às substituições. È um pequeno reparo de treinador de bancada  a Jorge Jesus.

Mas não posso esquecer , que desde Maio 2014 até agora , Jorge Jesus já fez praticamente "duas equipas". 

Saidas, malta de relação frequente e insistente com as lesões, castigos disciplinares e o Benfica continua a ganhar, continua bem orientado e organizado, julgo que é o melhor arranque de campeonato dos últimos 30 e tal anos, mau era se num "Mundo Benfica" quase perfeito eu não tivesse direito a fazer pequenos reparos.

Paulo Baptista ( e ou o assistente) esteve  bem no único momento que o meu coração parou, no golo anulado ao Penafiel, bem também, na expulsão ao jogador penafidelense.

Estádio bem composto, e massa adepta encarnada incontestável no seu apoio à equipa.

 

Ressalvo para uma das notas da noite, porque tenho uma fezada no puto, hoje 04-01-2015 fica a efeméride registada, a estreia de Gonçalo Guedes de Manto Sagrado no campeonato.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:02


Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •