Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ALGUMA COISA DEVIA SER FEITA

por BENFICA365, em 09.09.17

Salvo e bem raras excepções, não sendo nenhuma novidade a maioria dos relvados em Portugal são uma lástima.

E numa tentativa frustada de comparação com outros campeonatos, é isso mesmo: uma frustação e perda de tempo.

Noutras paragens os relvados são dignos e apresentam-se em dia de jogo com o seu melhor fato.

O relvado que o Maritimo apresenta no seu Estádio- o dos Barreiros, é uma vergonha!

Ao vivo, é ainda mais deplorável e lamentável... impraticável e não compatível para a realização de um jogo de futebol da Liga profissional.

 

A 20 dias de receber o Glorioso, temo que a situação do relvado só poderá piorar.

Será que o futebol português não merece que sejam regulamentadas condições minimas para que os jogadores, as equipas possam mostrar toda a sua qualidade?

Não é ou não será certamente tarefa fácil provir uma regulamentação, mas porra(!)... os "consumidores", os jogadores, os clubes merecem o "esforço" dos "tachos" que estão na liderança do futebol nacional.

ALGUMA COISA DEVIA SER FEITA!

Sonhador ou não, a realidade é bem triste. È triste que se continue a admitir a realização de jogos em relvados que envergonham campos de batatas.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:56


HÀ ALTERNATIVA À CHOUPANA!

por BENFICA365, em 04.10.15

Basta ter vontade, basta a "força de vontade" aniquilar as habilidades dos faraós, dos doutores, dos engenheiros desta minha linda terra!

 

Como madeirense, como português, como adepto do futebol, isto assim não é viável. Não poderá continuar! Já chega, basta! A Choupana não pode continuar a criar dificuldades tanto aos clubes como aos adeptos.

È uma vergonha para o futebol português! È certo que ninguém manda no tempo, mas isto que se passa (mais uma vez na Choupana), o "nevoeiro" tem que ser resolvido de vez. Pode-se  muito bem evitar que o futebol chegue à Choupana! Lembro que os três clubes: Maritimo, Nacional, União, quando estavam os três na 1ª Divisão, utilizavam o mesmo estádio, o dos Barreiros.  Onde o nevoeiro não passa por lá.

 

Afirmo, terá que existir forçosamente um definitivo bate pé das entidades politicas da região para com os clubes. È daqui que têm que obrigatóriamente partir a "força de vontade". Um abanão, ou sendo mais radical uma quebra definitiva com politica desportiva da regência governativa madeirense que vigorou e teima em vigorar. O abuso e a promiscuidade existente entre os clubes da Madeira e Governo Regional nunca agradou a ninguém. Excepto aos farónicos dirigentes dos respectivos clubes e a meia dúzia de doutores e engenheiros cá do burgo.

Permitiu-se e infelizmente ainda é permitido muita libertinagem. Ninguém honra ninguém.

È tempo de acabar com estas situações. Existe um estádio, o dos Barreiros, que foi dado de borla ao Maritimo pelo Governo Regional, sem contrapartidas financeiras, um espaço e património público a zero euros, a obra da remodelação do estádio é expressa em largo género,  número e grau comparticipada financeiramente pelo Governo Regional, i.e por dinheiros públicos e nenhum erudito do Governo lembrou-se que deveria "obrigar" o Maritimo a certo tipo obrigações, contrapartidas e ou cedências. Contratos programa com outros clubes, associações, escolas etc. Uma mão leva à outra...mas em primeiro lugar, o fulcral da coisa  porquê a cedência gratuita!? Nesta terra foi dos poucos que levantei a voz...contudo uma andorinha não faz a primavera.

 

Muitos têm medo dos faraós, dos engenheiros e dos doutores, afinal estes controlam muito do tecido empresarial regional, e continuam a dispor das pessoas como guardanapos...e numa altura de vacas magras, ter trabalho é mais do que sagrado. È sim a tudo, baixa-se os cornos e siga... pois o que conta é trazer o pão para a mesa.

Não se entende, do orçamento do Governo Regional é "esbanjado" milhões de euros para os clubes, época após época, mas depois dos clubes nada é exigido pelo Governo. Mas o que é que custa ao Governo Regional "obrigar" o Maritimo a ceder os Barreiros ao União. Mas que mixaria frouxa que lidera os destinos da Madeira è esta? Não é capaz de ordenar, endireitar e por cobro às brigas entre as comadres (faraós) maritimistas, nacionalistas e unionistas, quando são detentores das SAD´S dos clubes ou investidor principal? Quando são os principais "pai"trocinadores dos clubes! Esta terra é demasiado pequena, para cada qual exigir ter de borla uma luxuosa piramide, assim como os custos e manutenção das mesmas.

Por vezes na brincadeira, digo que são os clubes, os de cá da ilha, que têm o maior número de sócios. Todos nós (trabalhadores) contribuimos com o nosso dinheiro, com os nossos descontos.  

 

Depois, deste trabalho de cepa, só para gente de tomates grandes, gente sem medo dos faraós, dos doutores e dos engenheiros cá da terra, a Liga de Clubes e a Federação em conjunto devem incluir-se nos trabalhos. Na calendarização dos jogos, e isso até está a ser feito, a exemplo, esta época o Maritimo quando joga fora, o União joga em casa...poderia muito bem realizar os seus jogos nos Barreiros. 

Mas num caso especifico de um determinado jogo seja transferido para o dia seguinte?

Quem garante, quem é o "metereologista" que caso o jogo seja adiado para o dia seguinte, faça a prerrogativa que o nevoeiro não volta a comparecer!? 

Brinca-se muito ao futebol, neste país.

Os jogos deviam ser todos no caldeirão dos Barreiros. E entre os três, Maritimo, Nacional e União: dividir para reinar!

No rigor e na intransigência, na Liga existe um regulamento para os estádios, não poderão existir excepções. Ou se tem, ou não se tem as condições para jogar na Liga. SIMPLES!

Mas principalmente a Liga de Clubes, deve de todo ser intransigente na defesa, na protecção ao consumidor do futebol. O ADEPTO! 

Eu sei que vou voltar a subir à Choupana, é absoluto. Eu fico por cá, e todo o ano. Outros vão ser certamente ressarcidos do valor do bilhete. Mas e agora quem veio do "contenente"? ...A ilha é linda e a poncha è brutal, mas foi pelo Glorioso que vieram prá ilha... Sem defender os adeptos, sem defender o espéctaculo caro "Querido" caminhamos para cada vez mais para um crescimento/reforço do adepto do sofá e estádios vazios.

A Choupana não poderá continuar a seu belo prazer e deleite prejudicar e a lesar os adeptos e os clubes

 

Resta agora saber quando é que a onda vermelha volta a subir à Choupana!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54

Se um jogo na ilha seja na choupana ou no caldeirão dos barreiros nunca é fácil para o Benfica, neste jogo temia por muita coisa, extra- futebol. È que não são dois ou três anos, são 35 anos deste frutabol nacional onde seres o melhor não chega para seres campeão!!!

 

Segunda vez em poucos dias, no novo Estádio dos Barreiros...

Se muita coisa, já me passava pela cabeça, então com a infelicidade do Gaitán nos primeiros minutos, mais preocupada a cabeça ficou.

Pronto e disposto a praguejar o nosso azar! 

Mas não tive (muito) tempo, Ola John que entrara para o lugar do infeliz Gaitán, e de quem estou sempre à espera que de uma vez por todas  se assuma,como jogador de futebol, pega na bola isola Sálvio e explosão imensa nos Barreiros. A partir sensivelmente do minuto 20, bloqueamos o Marítimo.

E até ao fim do jogo, foi um recital de belo e prazeroso bailinho de bola. 

Três golos em 10 minutos, o  4º golo é arrebatador, emocionante, encantador, palpitante ...UM HINO AO FUTEBOL e até final com todos os Benfiquistas tranquilos, foi deixar o escoar dos minutos.

 

  • Júlio César, pensei que o velhote das lesões crónicas tinha aproveitado a viagem à ilha para fazer turismo, ou pelo menos só para bater os pontapés de Baliza, mas mais uma vez este teimoso velhote de doenças crónicas, decide fazer a defesa da noite, somando mais uns minutos sem sofrer golos;
  • Maxi, é do 1º minuto ao último minuto, corre para trás, corre para a frente, vai pressionar ao lado esquerdo do ataque, mais uma vez, Srº Presidente Luis Filipe Vieira, trata-me da "porcaria" da renovação do Maxi;
  • Luisão, parabéns pelo 440º jogo ostentando o manto sagrado, não faz sentido ser de outra maneira, senão acabares a carreira no Benfica;
  • Jardel, foi  muito forte na marcação a Mazzou, se utilizasses os cotovelos eras melhor que o Indi, assim têm paciência;
  • Eliseu, será sempre o nosso muito bom, elo mais fraco;
  • Samaris, já não está tão "grego" acerca dos segredos da posição 6;
  • Gaitán duas palavras só: recupera rápido;
  • Salvio, tem pilhas que nunca mais acaba, muito mais objectivo, mais colectivo que no início de época, e com faro de golo, bisou;
  • Jonas merece um post só para ele, ficará para os próximos dias, VALE O BILHETE;
  • Lima com alguns apontamentos, e com o um golo, o melhor da tarde/ noite;
  • Talisca, precisa de descanso mental e principalmente físico;
  • Pizzi, "muitos pézinhos"  tem este rapaz, ainda assim recebe muita bola de costas para o ataque ;
  • Derley uns minutos dentro campo, campo onde foi muito feliz pela camisola do Maritimo;
  • Ola John, o meu destaque, finalmente rapaz, não sei se sabes mas quando queres és muito acima da média, uma assistência, um golo, dribles, fintas. Porra Ola John, custa muito seres ininterrupto nas tuas exibições/ acções ?
  • Jorge Jesus não de ponhas a inventar e dar ideias ao Srº Presidente Luis Filipe Vieira que esta equipa aguenta sem o Gaitán;

 

Continuo com a ideia que foi feito um "grande investimento" nesta jornada para o Benfica perder pontos, não foi certamente pela grande exibição e também pelo xistra ter oportunidade ainda na 1ª parte de expulsar o Talisca e não aproveitá-la que me demove dessa mesma ideia. Os Benfiquistas da Madeira mereceram ser bafejados por uma exibição de gala, e fechou, esta época não há mais Benfica na ilha.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46


"CALDEIRÃO" DOS BARREIROS

por BENFICA365, em 08.01.15

Estádio novo! Cheira a novo!

Um jogo de mata-mata entre os maiores emblemas da ilha, tempo agradável, preço dos bilhetes entre os três e os seis euros, tudo muito convidativo  à minha presença ao vivo, in loco, no novo (mas ainda muito longe de estar totalmente pronto) Caldeirão dos Barreiros. 

 

Está para breve a presença do Glorioso nos Barreiros, dia 18 Janeiro (Domingo) às 18:00, e também por isso decidi conhecer os cantos (os que já estão prontos) da nova casa do C.S.Maritimo. 

Se afastarmos de todas as polémicas relativamente à construção novo estádio, o Caldeirão não impressiona  do ponto de vista arquitectónico, e duvido que o faça quando este ficar totalmente pronto, dúvido também dos seus efeitos positivos para a sociedade madeirense, no entanto é um estádio desde logo muito funcional para os adeptos. Proporciona um contacto mais próximo entre os adeptos e os jogadores, ficamos em "cima" do relvado, transmitindo mais emoção, mais adrenalina.

Senti-me deste logo muito mais empolgado e desejoso para o confronto do dia 18 Janeiro entre o Maior de Portugal e o Maior das ilhas.

 Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:12


Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •