Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Jogo muito competente do Benfica. 

Desafio superado, vantagem reposta para a agremiação corrupta. 

 

Novo ano, velhos hábitos, mas com alguma "malta nova" a jogar. 

Estive muito atento ao desempenho dos "novos" e não propriamente atento às incidências do jogo.

Porque acreditava profundamente que a vitória seria nossa, estava tranquilo.

Não nos podemos desligar da realidade, os "reforços" irão demorar a adquirir ritmo competitivo e até em muito mais tempo do que se possa julgar. Veemente são nestes jogadores, nesta "malta nova" que por cá já andava que temos de apostar, são estes que terão de jogar e aguentar o barco, rumo ao 34 e à conquista da Taça da Liga.

Fiquei satisfeito, em alguns casos mais do que satisfeito com as respectivas exibições individuais. Não sendo o Penafiel um peso pesado desta Liga, é importante esta "malta nova" adquirir rotinas de jogo, rotinas de equipa, para quando os pesos médios e os pesos pesados desta Liga surgirem pela frente, estes digam presente.

 

Destaco imediatamente Cristante, novo no B.I, novo no Benfica.

Quando o moço ganhar presença física, intensidade de jogo e claro traquejo e matreirices próprias da posição  será um caso sério. Técnicamente é evoluído com pézinhos de veludo, e procura sempre sair a jogar é notório o seu crescimento.

Lisandro, surpresa (pelo menos para mim) pela titularidade, não pela sua qualidade individual mas sim porque César tinha sido a aposta nos últimos jogos após a "saída" de Luisão. Esteve impecável no seu papel.

Talisca, também novo no B.I., novo no Benfica. Embora com mais vivência dentro de campo que Cristante, pelo conhecimento do jogador da parte Jorge Jesus ele jogará onde ele assim entender, Talisca tem o potencial para jogar e ou fazer várias posições e tem golo, não é um jogador experimentadissímo, mas calma tudo a seu tempo. Nós adeptos também temos que fazer o nosso papel, não podemos olhar para Talisca com os mesmos olhos que olhavamos para Enzo desta maneira não vamos ajudar o jogador. E creio que não é o Talisca o "manel" para o lugar do Enzo.

Ola John, continua num ping pong exibicional, boas decisões, más decisões; tem gás , não tem gás, hoje muito melhor do que no último jogo, com saldo positivo nas tomadas de decisão. Não consigo passar uma esponja em algumas paupérrimas jogadas do Ola John, mesmo que no momento anterior o homem tenha levantado o estádio, sinceramente até poderá ser defeito/ pirraça da minha parte, mas Ola John será sempre Ola John.

 

Os velhinhos estiveram todos empenhados, Maxi com a braçadeira e sempre na sua habitual rotação, despachem lá a m€rd@ da renovação, Jardel competente, Lima esteve sensacional no 1ºgolo, desmarcação, dominio de bola após passe longo, depois  classe na finta ao tirar o defesa da frente e a colocar a bola redonda em Talisca, ou seja sem marcar mas importante, Jonas joga bem (hoje não tão bem),  marca e é importante que o homem continue viciado nos golos, Gaitán foi operário, André Almeida é garantia , e Júlio César  tranquilo e a ver as vistas de Penafiel.

 

Não entendo o retardamento das substituições. Não gostei!  logo após o 0-2 Jorge Jesus poderia proceder às substituições. È um pequeno reparo de treinador de bancada  a Jorge Jesus.

Mas não posso esquecer , que desde Maio 2014 até agora , Jorge Jesus já fez praticamente "duas equipas". 

Saidas, malta de relação frequente e insistente com as lesões, castigos disciplinares e o Benfica continua a ganhar, continua bem orientado e organizado, julgo que é o melhor arranque de campeonato dos últimos 30 e tal anos, mau era se num "Mundo Benfica" quase perfeito eu não tivesse direito a fazer pequenos reparos.

Paulo Baptista ( e ou o assistente) esteve  bem no único momento que o meu coração parou, no golo anulado ao Penafiel, bem também, na expulsão ao jogador penafidelense.

Estádio bem composto, e massa adepta encarnada incontestável no seu apoio à equipa.

 

Ressalvo para uma das notas da noite, porque tenho uma fezada no puto, hoje 04-01-2015 fica a efeméride registada, a estreia de Gonçalo Guedes de Manto Sagrado no campeonato.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:02


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •