Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Miserável primeira parte!?...

Caluniando e sujando este ou aquele jogador, o treinador!?... Fazendo funerais ao Samaris, ao Pizzi (os mais visados)! Os piores do mundo!...

Era a análise da malta do café bancada na pausa para o intervalo... nervos, muitos nervos. Rostos fechados e ainda assim muito desabafo escondido e guardado.

Não nego, estava apreensivo, mas apesar do último lugar na classificação, relembrava-os que o Tondela era só o "colosso" que empatou com os dois gremios rivais, esta época!... e a época passada... áááh pois! Tondela que na primeira volta vendeu-nos bem cara a derrota.

Mas classificar a primeira parte de miserável?... longe disso!

Foi uma primeira parte muito difícil... o Benfica complicou, não teve muita arte e engenho para desbloquear o jogo, mas mérito, muito mérito ao Tondela. Fechou, trancou todos os caminhos para o golo.

Primeiro estacionou o autocarro, depois ganhou confiança e foi subindo e pressionando cada vez mais longe da sua área defensiva, e apesar de tudo não foi das equipas mais nojentas nos jogos do Benfica a abusar do anti-jogo.

 

Grande segunda Parte!? Fantástica!!!

Mesmo à Benfica! Grande jogo do Zivkovic, temos craque, super craque, um fora de série!... Pirlo transmontano, Pizzi patrão, dono do meio-campo, o homem do jogo, batam continência ...Grande entrada de Sálvio que revolucionou o jogo...

Rui Vitória, esteve bem, brindou os jogadores com um valente raspanete ao intervalo, mexeu inteligentemente na equipa,...  ganda áá mister!

Era a análise da malta do café bancada no final do jogo.

Pulos de alegria, gritos de vitória, animação, excitação e empolgação.

Após um intervalo de pouco mais de dez minutos, da raiva e frustação extrema à euforia.

 

Benfiquistas, METAMORFOSEANDO-SE (creio que a palavra existe), após as ocorrências narradas ao longo de cada parte.

 

Não cedemos à pressão do "boi jorge sousa", vitória alcançada, os números têm a relativa importância que cada qual queira dar, o mais importante daqui até o final do campeonato, é somar triunfos, atrás de triunfos... esquecer os "quinzeazero" e as "notas artísticas"!

Faltam 16 jogos, 9 em casa, 7 fora! Muito para sofrer!

Tanta importância, tem os valentes calduços que malta distribuiu pelo Rafa. Devia levar mais! Demorou demasiado tempo a exercer o direito a apanhar os calduços. Após a estreia ( e que estreia) a marcar pelo Glorioso, Habemos Ketchup, Rafa?

Desejo também que o Zivkovic se esforçe rapidamente para ser recompensado com os calduços da malta.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:28


7 comentários

De Corvo a 22.01.2017 às 22:04

Isto só prova que o nosso futebol não é tão mau como o consideram lá fora.
A nossa Liga joga bom futebol e as equipas portuguesas têm muito valor. Hoje se uma equipa de topo quiser ganhar tem de dar corda às chuteiras e não descansar sobre o estatuto.
Em minha opinião a nossa Liga deveria figurar entre as quatro melhores da Europa. Depois da Espanha, Inglaterra e Alemanha não vejo país com melhor futebol do que o nosso.
Mas com maior ou menor dificuldade, voa imparável a Águia rumo ao tetra.
saudações desportivas.

De Ao Colinho do Isaías a 23.01.2017 às 10:34

Caro Corvo,

Temos boas equipas no nosso campeonato, mas isso não significa que tenhamos campeonato que justifique mais de, no máximo, 14 clubes numa I Liga.

Sei que isso afectaria muitos que se alimentam do futebol, mas uma redução drástica de primo-divisionários iria trazer mais e melhor competição e espectáculo futebolistico. O jogo do pontinho tenderia a acabar, pois seriam precisas mais vitórias para um clube se manter e só os clubes com condições e massa adepta se conseguiriam aguentar por mais tempo nessa I Liga.

Cumprimentos,
A.do Isaías

De BENFICA365 a 23.01.2017 às 11:14

Catorze!?... Meu caro!
Não estará a exagerar?
Da minha parte, apontava 10 mínimo, 12 máximo de equipas numa I liga nacional!

Existem demasiados parasitas, demasiados faraós no dirigismo desportivo, a viver à custa do futebol, dos clubes e principalmente da paixão dos adeptos pelo futebol.
Saudações Gloriosas!

De Ao Colinho do Isaías a 23.01.2017 às 11:21

Eu tenho defendido o mesmo, caro Benfica365, um campeonato com 10 equipas, a quatro voltas: 36 jogos - logo, concordo consigo. Imagine uma época com quatro de cada um dos clássicos e em que cada uma das equipas participantes se via forçada a procurar pontos!

Com 10 equipas no escalão principal, a II Liga teria grupos (divididos por região?) e um playoff à Inglesa.

Indiquei 14 no máximo, é certo, mas esse também não é, para mim, o número ideal de equipas para uma I Liga de Portugal.

Abraço!
A.do Isaías

De BENFICA365 a 23.01.2017 às 11:36

Companheiro:
È também o enquadramento e modelo competitivo que eu defendo para o futebol nacional
...10 clubes a quatro voltas...

Quem me é mais próximo futebolisticamente não cai muito nestas minhas graças, mas porra
mais Benficas- portos, mais Benficas, Sporting idem Braga, Guimarães, Maritimo...
Estádios cheios, maior concentração de riqueza, maior ´grau de exigência e competitividade...
indo mais além... por todas as vantagens, mais perto de brigar pela conquista da Champions.
È difícil para mim não defender este enquadramento desportivo!

O outro futebol: o das 2ªs 3ªs, distrital, amador, formação -o futebol que é muito do altruísmo e dedicação e empenho do povo, do valente, bravo e destemido bairrismo suportado pela FPF, que é muito rica e tem amplas fontes de receita para tal.

Da ilha, aquele abraço

De Ao Colinho do Isaías a 23.01.2017 às 11:46

Pois!

Isso sim, seria uma competição como deve ser. Só os clubes com capacidade própria, filosofia competitiva e desportiva e que investissem em infraestruturas se conseguiriam naturalmente aguentar. É isso que assusta os parasitas! Perderem aquelas fontes de rendimento que os sustentam ano após ano e que nunca saem do mesmo.

Quem dirige a Liga (e não é de agora) não está interessado em melhor e mais pura competição, mas é colocado lá (afinal são propostos e eleitos pelos membros) para manter esta fantasia.

A única solução política para uma implementação como a que propomos será a extinção da Liga de Clubes e a organização e gestão da competição da Liga passar para uma outra nova entidade (nem proponho a FPF...) que teria um molde para seguir e manter. Os clubes reunidos, pelo menos em Portugal, pela cultura, criam logo grupinhos de interesses. Teria de ser uma entidade com representação dos clubes participantes, mas não dependente destes. Seria possível em Portugal?

Duvido!

Abraço!
A.do Isaías

De BENFICA365 a 23.01.2017 às 12:03

Em relação á questão final/ fulcral neste assunto...
Pois, eu não duvido, infelizmente tenho a certeza que tal não era possível e ou exequível.
E é nisto que aqueles que me são próximos futebolisticamente sustentam os seus argumentos.
Dou-lhes a mão!
È muito pelas contra-vontades dos tachos, dos tacheiros, dos parasitas e sanguessugas que orbitam e habitam á volta do futebol que o enquadramento competitivo que defendo cai logo por terra. Morre antes de ser ideia.

Na ilha foi proposto pelo Dr Alberto João a largos anos atrás a criação de um clube único....
E parecia que a ilha vinha abaixo... do alto das suas pirâmides os iluminados faraós salivaram e dispararam toda a canalhice para cima do Homem que ao fim ao cabo patrocinava e alimentava os respectivos clubes dos faraós.
E mesmo em pleno apogeu do reinado do Alberto João o Caldeirão do Barreiros brindou-o com uma valente vaia... o próprio admite que foi um dos dias mais tristes da sua carreira como politico.

Saudações Gloriosas

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •