Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ALGUMAS VERDADES...

por BENFICA365, em 29.04.18

A concordância não é total, mas por ocasião, este texto retirado do facebook do Cabelo do Aimar tem riqueza e a seu modo vai de encontro ao conforto e às sensações que invadem o meu Benfiquismo. Repito-me, ainda longe de ser  uma fiel concordância com o autor do texto, reconheço e revejo algumas verdades!

 

«A mim fica-me a sensação que o Benfica pouco ou nada cresceu como clube com este pequeno ciclo de campeonatos consecutivos, que nem chamo hegemonia, porque vinha de 3 seguidos do Porto também, que agora voltará a ganhar. O que mesmo a 8 anos dá 4 para cada lado.

Parece-me que a direcção não sabe como e o porquê de terem ganho tantos campeonatos seguidos.

Num ano via-se investimento, noutro não, num ano havia um treinador a cagar na formação e a estrutura a dizer que estrangeiros reputados é que era o caminho e de repente temos formação a torto e a direito, sem investimento em jogadores feitos. Passámos dum treinador fanático no treino e miserável no aspecto humano, para uma jóia de moço, que diz que o treino não é o mais importante.

Eu não vejo linha orientadora, não vejo continuidade, vejo muita navegação à vista e objectivos mutáveis a cada ano que passa. Até a prioridade desportiva está longe de ser evidente, o que é estranho, no mínimo, num clube desta magnitude.

A BTV está, para mim, a tornar-se num dos grandes cancros que as estas vitórias alimentaram. Neste momento já é totalmente condicionadora da opinião pública. É um veículo de 24 horas consecutivas de lavagem cerebral e propaganda a tudo o que se faz no Benfica, bem ou mal. Se o presidente assassinasse alguém, ou o treinador, ou o lateral direito, lá estariam as caras do costume para explicar que não é bem assim, que foi o corpo do tipo que foi contra a bala disparada pelo funcionário do Benfica. Isto cria e alimenta uma ideia patética que para ganharmos campeonatos é preciso apoiar tudo cegamente e sem qualquer espírito crítico. O treinador pode ser um incompetente do caralho, que se perdermos é porque pagámos poucas vezes 20 euros para assistir ao Benfica, é porque pagámos pouco merchandising e porque batemos poucas palmas no estádio.

Ora, isto não é o Benfica.

 

Entretanto temos uma claque que passa a vida à porrada entre si, literalmente, e que se contenta em passar 90 minutos a cantar canções de embalar, enquanto o resto do estádio dorme. E um speaker que colecciona multas pesadas por não fazer puto ideia da função para que é pago.
Mas no facebook batem todos muito no peito e tal, portanto havemos de ser campeões. Toda a gente sabe que é nas redes sociais que se ganha.

O departamento de comunicação passou de agressivo para frouxo e inexistente. Zero. Não se bate nos árbitros quando levam rivais ao colo, nem quando nos prejudicam. Não se bate nos árbitros quando estamos por cima. Bate-se nos árbitros quando estamos eliminados e sem razão, chorando de mergulhos evidentes como penaltys para mascarar insucesso. Não se defende o clube, não se faz uma comunicação clara, esperando que corra tudo bem e fé no “pode ser que dê”.

No patamar desportivo é onde se vê mais incompetência.

A ideia de construir um plantel com 2 jogadores de qualidade para cada posição parece ciência nuclear para a nossa estrutura. Ganhando um campeonato a prioridade passa imediatamente por desmantelar tudo, em troca vá-se lá saber do quê, para se gastar em refugo e tentar ganhar com um grau de dificuldade maior. E a aposta cega no treinador parece ser já o lema da casa. Bom, mau, competente, incompetente, não interessa. Se o presidente diz que é este...é este porque sim. Mesmo que o Benfica seja enxovalhado em tudo que é jogo grande e faça figuras de perfeito otário na Europa, que nos conhece actualmente por sermos os tristes que fizeram a pior campanha da história do novo formato da Liga dos Campeões.

Chegados aqui, ao treinador, que é para mim pedra basilar de qualquer clube de futebol que se queira ganhador, constatamos um projecto morto, alimentado pelas máquinas que vão dando oxigénio a um corpo que já não trabalha e que nunca voltará a trabalhar sozinho.
Já defendi o Rui Vitória. Ainda há pouco tempo, nesta página, subscrevi o que o igr escreveu sobre ele. Mas acho que a paciência se esgotou. Acho que só pode ter entrado no Benfica por amizade, porque competência nunca a demonstrou no relvado. É um treinador sem modelo de jogo, sem ideias de futebol ofensivo, sem as mínimas bases para trabalhar para ganhar ao mais alto nível. Mas estou disposto a aceitar perfeitamente que 2015/16 foi um óptimo trabalho da parte dele. Sustentado nos jogadores, na sorte, no trabalho mental dele, seja no que for...o ano fechou com futebol bastante aceitável e resultados do melhor que há, em Portugal e na Europa.

Em 2016/17 tudo mudou. E é aqui que a estrutura do Benfica provou ser...amadora. Rui Vitória fez um trabalho pouco mais que miserável com o plantel de topo que tinha em mãos. O campeonato foi entregue pelos rivais ainda no primeiro terço e o Benfica conseguiu entregar tudo de mão beijada, com um futebol horrível, vitórias tudo de 1-0 fora de casa, com um Super Ederson. Goleado pelo Moreirense na Taça da Liga, derrotado pelo Setúbal sem fazer um remate, 3 golos do Boavista em 20 minutos na Luz, empate em Paços antes do clássico sem criar perigo a não ser um tiro à barra do Eliseu. O Porto é que vacilou sempre. O Porto é que nos deu o titulo e toda a gente o percebeu. A incompetência externa fez do Benfica tetracampeão, numa equipa cansada, já em final de ciclo evidente relativamente ao treinador. Nada de novo passava ali. A campanha europeia foi péssima e mascarada por um pseudo-sucesso às mãos do Dinamo de Kiev que ganhou 6-0 ao Besiktas. A Taça de Portugal foi um passeio com um sorteio facilimo e mesmo assim iamos sendo eliminados na Luz, depois de vencermos 2-1 fora de casa uma equipa que lutava por não descer. Foi 3-3 com fralda castanha e com o Estoril a ameaçar o escândalo, a vergonha e o 3-4 no último minuto salvo pelo Grimaldo.

No final da época, qualquer direcção competente resolveria a questão com um abrir de porta airoso para as duas partes, de modo a Rui Vitória sair por cima e o Benfica dar o passo seguinte.
Mas a solução foi manter o treinador e dar-lhe um plantel MUITO mais fraco, com este lindo resultado. Pior Champions de sempre duma equipa portuguesa, Taça de Portugal e Taça da Liga irrelevantes, eliminados ao primeiro obstáculo e um campeonato perdido desde o inicio e que nem com o Porto a dar-nos de borla conseguimos selar na nossa própria casa.

E a derradeira prova de todo este testamento que escrevi é que nos preparamos para, surrealmente, começar a nova época com este treinador e com esta politica desportiva de resgatar refugo que já vendemos e de vender os melhores. Enquanto os adeptos acham que têm de apoiar mais e a televisão do clube nos aponta o dedo como os causadores únicos do fracasso 2017/18, por falta de crença.

Escrevi este texto com tristeza, mas não me sinto adepto dum clube tetra-campeão. Sinto-me adepto dum clube à deriva, sem a mínima noção de como inverter eficazmente a espiral negativa que já está em marcha.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34


12 comentários

De Sarilhos-Grandes a 01.05.2018 às 02:14

Sinceramente, foi pena esta cedência da BTV á NOS, se tivermos em conta que estávamos a atingir os 40 milhões de €/ Ano, ( soma com largas possibilidades de ser ultrapassada...), o mesmo que a NOS pagará . Mas...há sempre um mas...apesar da desilusão , não podemos esquecer que a FPF de Fernando Gomes e a Liga do P.Proença, preparam-se afincadamente para serem eles a tomar conta das retransmissões dos jogos de Futebol, com todo o poder que isso lhes trará . Ao Benfica, restava-lhe travar uma Batalha Jurídica desgastante e de desfecho incerto ou "entrar no rego". Espero que o contrato assinado tenha salvaguardado o real valor da BTV, muito mais importante que as tv's reles dos "outros dois"! Pelo que tem vindo a público, até agora não se tem visto muita diferença . Para o fcp o que vier é ganho porque tem(?)uma tv reles, regional e gratuita ; para o scp também é só ganho , apesar de terem uma tv sem relevo nenhum . Parece-me muito pouco o que o Benfica vai receber por 10 Anos de contrato.

De BENFICA365 a 01.05.2018 às 09:12

Meu Caro:
"chateia" esta cedência da televisão do Clube à NOS, MAS a maneira como LFV escondeu ou camuflou o assunto é que me fere!!!
LFV não foi esclarecedor para os Benfiquistas.
Não entendo o porquê desta direcção em assuntos chaves do Clube não se pautar pela total transparência para com os seus associados, adeptos, simpatizantes...
Saudações Gloriosas

Comentar post



Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •