Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Eu sou do tempo em que as três derradeiras jornadas do campeonato, tinham todos os seus jogos agendados para o mesmo horário.

Todos os jogos em que a classificação pode-se sofrer alterações, eram disputados em simultâneo.

Posteriormente passou a ser (só) as duas últimas...e agora nem isso, creio que só a última jornada está abrangida por tal situação.

 

Não sei quem foram os iluminados da Liga de Clubes que "legalizaram" esta nova realidade. Talvez o verdadeiro Presidente da Liga- "a televisão"!?

Não faz sentido esta alteração, porque desvirtua a verdade desportiva. Agride o cumprimento e a doutrina da verdade desportiva.

Na próxima jornada, e ainda bem que assim o é, pela competitividade, pela incerteza, pelas emoções dos adeptos, continuam a existir campeões por decidir, existem lugares europeus e descidas de divisão por atribuir no nosso campeonato.

Logo, todos os clubes envolvidos nas suas lutas deviam jogar à mesma hora.

 

Dedico-me por exemplo à luta pela fuga à descida de divisão.

Estão envolvidos pela fuga de descida de divisão o Tondela, Académica, União da Madeira, Vitória de Setúbal.

Como está agendado o calendário da próxima jornada, quer União da Madeira, quer Vitória de Setúbal poderão entrar para os seus respectivos jogos já com a manutenção assegurada. Podem entrar sem pressão e descansados da sua vida.

O Tondela desloca-se Sexta-Feira a Paços de Ferreira, e Académica recebe o Sporting de Braga no Sábado, antes da realização do Boavista- União da Madeira e badochense - Vitória de Setúbal.

 

O jogo do Vitória de Setúbal, envolve um dos candidatos ao título. È jogado no Sábado, é um jogo que  pela força das circunstânceas envolve a descida e atribuição do 1º lugar. Imaginemos lá, qual é a diferença de atitude de um Vitória de Setúbal entrar dentro de campo a ter que pontuar, porque está com a corda ao pescoço, uma finalissíma, e um Vitória de Setúbal que tanto faz, porque bastará cumprir calendário, porque da 1ª divisão já ningúem os tira.Um Vitória de Setúbal que entra feliz em campo e já não precisa no fim do jogo de  sair a chorar. E qual é a diferença para o adversário, do jogo em questão.

Se matemáticamente é possível existir campeão para a próxima jornada, o Benfica e o badochense deviam ser obrigados a jogar à mesma hora. Infelizmente não é assim e o Benfica só entrará em cena, no Domingo, sensivelmente 24 horas depois.

 

Nascem destas pequenas questões, somado a outras tantas que tais, toda uma vontade enorme que este campeonato acabe logo!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30


DAR-ME CONTA QUE SOU IDIOTA

por BENFICA365, em 01.05.16

Para mais uma equipa, o Maritimo neste caso, há o cumprimento de um calendário até o final do campeonato. Talvez a insignificante subida ou descida de um ou dois lugares na tabela classificativa ou a sempre aliciante e eventual ultrapassagem ao rival Nacional para o titulo de melhor clube da Madeira para satisfazer meia duzia de gatos pingados.

 

E porquê falar/escrever sobre o Maritimo?

Não só porque é o nosso próximo adversário para o campeonato, assim como será, todos nós esperamos, o nosso adversário na final da Taça da Liga. Também por alguma identidade pessoal com o clube e com os seus adeptos.

Mas acima de tudo escrevo sobre o Maritimo pelo lamento particular que vejo o clube orgulhosamente, o maior das ilhas associar-se e valer-se de manhas e arteirices sujas, porcas. Sacanagem!

 

Na semana que antecede a visita do Maritimo ao wc do lumiar, os jogadores do plantel resolveram ao longo dessa mesma semana acentar arraiais e distribuir cacetada entre eles. Castigos, suspensões..blá blá...

Na jogo que antecede a visita do Benfica aos Barreiros, o Maritimo resolve ir poupadinho ao Estoril.

Querendo fazer muita gente de parvinha, Nelo Vingada justifica esta opção, não por ser contra o Benfica, mas sim em função do cansaço acumulado em alguns jogadores mais fundamentais na equipa e ainda os cartões acumulados por alguns jogadores.

Destes (os dos cartões), Tiago Rodrigues e Edgar Costa ficaram por cá, na ilha.  Os restantes Patrick Vieira, João Diogo, Alex Soares, e Deyvison habituais titulares ou suplentes muito utilizados foram convocados...mas só Patrick é que foi a jogo, hoje na Amoreira.

Uns jogam contra "equipas poupadinhas", outros vêem os adversários na jornada anterior poupar-se de propósito (Rio Ave, Maritimo)  para com todo o frescor fisico irem a combate, perdão a jogo, à "final da champions".

No caso do Rio Ave, pouparam-se frente ao adversário directo que está envolvido na luta pelo acesso a uma competição europeia o Arouca, para actuar na batalha frente ao Benfica.

Agora o Maritimo, que já não tem mesmo nada a ganhar, nem a perder neste campeonato prestar-se a esta filha da putice...um triste desapontamento pessoal.

 

Darmo-nos conta que somos idiotas, é o melhor a fazer perante mais uma filha da putice no futebol nacional.

Dar-me conta que sou idiota, por respeito ao Clube Sport Maritimo e ao Maritimista, meu pai.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:27


A PERGUNTA IMPONHA-SE

por BENFICA365, em 30.04.16

Após o final do jogo de ontem, um enorme companheiro de longa data da "mesa-redonda" de Benfiquismo, colocou-me uma questão:

"...ouve lá, qual é a tua visão das coisas, estamos a jogar igual, pior ou melhor que no inicio de época? ...È que estes últimos jogos..."

 

Doutor nas coisas da bola, e para responder em grande, a corriqueira entrada de resposta:

Ainda bem que me fazes essa pergunta...a tua pergunta imponha-se...olha nem igual, nem pior, nem melhor! Isso não importa.

O que me surge diante dos meus olhos são os mistérios que estão a dar força aos nossos adversários.

Equipas raivosas a dar cacetada a toda a instante.

Equipas que fazem declarado anti-jogo. Vergonhoso, a parar o jogo, a cada queda, lançamento, pontapé de baliza, livres.

Equipas com graves problemas físicos enquanto o jogo está empatado. Caem, voltam a cair, assistência médica de minuto a minuto... 

Equipas a chorar por perder com o Benfica (mas já perder em casa com o Tondela?).

Equipas montadas com autocarros, linhas defensivas de três centrais, cinco defesas no total, mais o meio campo cheio, trincos, troncos e caceteiros, normalmente com três a quatro médios de contenção: Académica, Setúbal, Rio Ave, Guimarães...

Equipas a jogar para o (0-0). Quando tomam o golo, passa-lhes logo as mazelas, as cãibras.

Equipas que defendem o seu emblema só com incentivos (€€€€) vindo de terceiros.

Equipas que poupam os seus (melhores) jogadores nos "combates" anteriores ao do Benfica. Para quê!?

E outras equipas, as do apito, coniventes com a actuação e anti-jogo das equipas.

Etc, etc, etc...

Face a estes mistérios que assenhoraram-se dos nossos adversários, o Benfica correspondeu com vitórias. 

Digo-te que não importa se estamos a jogar de forma igual, pior, ou melhor do que no inicio de época, não importa mesmo, isso é uma questão redutora perante o que se está a passar. As outras equipas, as de arbitragens incluídas, não estão a deixar-nos jogar desde do 1.º minuto ao último, de forma abusiva, raivosa e anti desportiva. 

Não nos é permito jogar futebol.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00


BAIXOS, PORCOS, MAUS, CACETEIROS E FITEIROS!

por BENFICA365, em 29.04.16

A vitória acenta bem ao Benfica. Saborosa e importante!

1-0 Satifaz e muito!

Uma vitória díficil do Benfica, perante um conjunto de jogadores do Vitória de Guimarães que recorreu de todos os recursos para a prática do anti-jogo.

Baixos, porcos, maus, caceteiros e fiteiros.

Nada de espantar, ou não fossem orientados pelo primário anti-benfiquista do "ruimconceição". Jogadores com atitudes, gestos, completamente descontrolados, raivosos, nem mais nem menos que prolongação do treinador dentro de campo.

Dentro de todas as incidências que ocorreram no jogo, e isto que vou passar a escrever jamais pensei escrevê-lo, o Boi bruno paixão fez uma competente arbitragem. Para quem não tem jeito prás coisas do apito, Boi paixão esteve muito bem. Aguentou os baixos, porcos, maus, caceteiros e fiteiros jogadores do Vitória de Guimarães!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25


E LÁ VOLTOU ELE A FALAR DE PAIXÃO!

por BENFICA365, em 27.04.16

O badocha anda de penhora em penhora, mas do que ele se lembrou? A primeira reflexão do dia? Ir pró feicebuque falar de Paixão!

Da Paixão desmedida que tem pelo Benfica!

E do Paixão que "prejudicou o Benfica" em Moreira de Cónegos.

È normal que Paixão não seja visto com bons olhos no seio dos Benfiquistas. O badocha só pode ser Benfiquista.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30


AFEIÇÃO FRUTANHEIRA

por BENFICA365, em 26.04.16

Relato de um drama inquietante, de um conhecido meu, adepto do grémio frutanheiro:

"Será quase tão triste ganhar como perder o próximo jogo."

A ajuda frutanheira no clássico menor do futebol nacional será sempre bem-vinda, mas primeiro o que importa e o que nos afecta: ganhar as nossas três finais.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35


SUA BESTEIRA PRESENÇA, FOI NOTADA!

por BENFICA365, em 25.04.16

Como se seria de esperar o "arturinho", Boi do apito fez-se notar em Vila do Conde.

 

Foram faltas e faltinhas apitadas erradamente sempre para o mesmo lado, foram não cedências da lei da vantagem, foi a criteriosa amostragem de cartões amarelos aos nossos jogadores que se entregam e dedicam ao contacto fisico e disputa de bola, os influentes da matéria defensiva Jardel, Fejsa, Eliseu, já ao contrário foi a conivência total para com o recurso ao derrube dos jogadores do Rio Ave. 

No café bancada a já sabatina revisão às apitagens passadas do Boi "arturinho"...«porra!!! Aos gajos não mostra amarelo, à primeira falta de um jogador do Benfica é toma lá morangos, filho da p...»  

Foram as faltas imaginárias assinaladas nos lances de bola parada a favor do Benfica, cantos, lançamentos laterais próximas da área, repetitivo!... a bola ainda seguia pelo ar a caminho da àrea e já o "arturinho" descortinava mais uma falta imaginária.

No café bancada tamanha era a previsibilidade do apito do "arturinho" que para enganar os nervos, em vez de quando era lance de canto a favor, já se dizia falta para o Rio Ave. Era melhor "dispensar" os cantos a favor, ou marcá-los de outra maneira.

 

Boi "arturinho" bem tentou mais uma vez desferir contra o Glorioso, uma criteriosa apitagem, como de tão boa destreza é capaz.

Uma apitagem que irrita os jogadores, os técnicos, os adeptos! Vai moendo e moendo a mente e o espirito da malta toda.

Uma apitagem capaz de levar um jogo para patamares de enorme desgaste psicológico.

Uma apitagem capaz de manter os adversários do Benfica a discutir o resultado, o pontinho, quando nada ou quase nada fazem para tal. O "popular" apito anti-benfica do Boi "arturinho" está gasto, está velho, mas será sempre um dos recursos mais credíveis e válidos para desviar o Benfica dos seus objectivos enquanto este por cá andar.

Mérito e engenho a todos os jogadores e corpo técnico do Benfica que face a mais uma tentativa manhosa de condicionar o Benfica, do Boi "arturinho", souberam responder em todos os momentos e situações com sapiência e critério.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10


O MANTORRAS VOLTOU!

por BENFICA365, em 24.04.16

Nestes últimos jogos, o ponta de lança mexicano Raúl Jimenez, tem operado o papel de herói, de salvador da Nação Benfiquista. A arma secreta!

Já tinha acontecido em Coimbra frente à Académica: um balázio, hoje em Vila do Conde, casa do Rio Ave, oportuno de cabeça a recargar uma bola vinda da barra.

Rául Jimenez está convertido no novo Pedro Mantorras. A saltar do banco para facturar e decidir!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31


DEMASIADO ÓBVIO E PREVISÍVEL - "arturinho"

por BENFICA365, em 19.04.16

Já não bastava um Rio Ave de qualidade, na luta e na  busca de um lugar europeu, super Vitaminado, e de compromisso vincado com muita "pa$ta" prometida por terceiros, jogadores prontos para "morrerem" dentro de campo, prontos para uma autêntica guerra dentro de campo, o Benfica (mais uma vez) vinca e faz prova que manda nesta merda toda, soma à mescla explosiva de dificuldades, mais uma suprema dificuldade:o Boi do artur soares dias ao apito.

 

"arturinho", como é tratado pelos que lhe são queridos nos seus préstimos e qualidades arbitrais é dono e senhor do perfil ideal de apitagem para este jogo. Patenteada como uma apitagem, habilidosa, com dualidade de critérios nas faltas e nos cartões. Daquelas apitagens que, sem serem ligadas directamente ao resultado final, daquelas sem serem escandalosas, salvo raras excepções,  Boi "arturinho" é habilidoso nas suas apitagens, a cada apito é capaz de condicionar / beneficiar muito do jogo ou estratégia de uma equipa. Depende da perspectiva, a que interessa, a do Benfica e pelo seu historial é condicionar.

Boi "arturinho" é capaz de maniatar e conduzir o jogo do Benfica, é  o seu notável cartão de visita sempre que arbitra o Glorioso, daí a sempre concorrida e reservada nomeação de Boi "arturinho" para os jogos decisivos, ou de grau de dificuldade maior do Benfica.

 

Boi "arturinho" por norma nunca faz péssimas arbitragens para os cu mentadeiros, porque não tem influência directa no resultado final, ninguém "discute" faltas e faltinhas a meio campo. São as tipicas apitagens que passam despercebidas sem casos polémicos, passam longe dos holofotes dos chulos do teclado e dos técnicos de análise arbitral semanal espalhados por toda merdia desportiva nacional, mas que acabam sempre por decidir jogos de uma maneira disfarçada. São poucos que a conseguem exibir e colocar em prática, Boi "arturinho" consegue com a maior das facilidades, com a maior das à-vontades, daí ser um Boi, perigoso, muito perigoso! 

 

Vírgula por vírgula repeti isto a um grande camarada destas lides de Benfica e de Benfiquismo que Boi "arturinho" estaria presente em Vila do Conde no próximo Domingo com o destino de apitar o jogo entre o Rio Ave e o Benfica. Demasiado previsível, até porque o seu colega de carteira Boi  jorge sousa encontra-se lesionado, afinal quem é que manda nisto tudo!?

Ele apontava a uma xistralhada, mas com o xistra nada é certo, a sua profunda falta de qualidade para o dominio da apitagem torna-o um valor não tão seguro. Uma xistralhada, jamais dá tantas garantias, como uma apitagem à "arturinho". xistra é capaz de lesar o Benfica, já o fez mas a sua manifesta falta de qualidade pode sem querer da sua parte virar o feitiço contra o feiticeiro.

Por graça acabámos por realizar uma aposta para regozijo da malta. Não vou contar, mas vou cobrar.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:15

Segundo o presidente do Benfica, Luis Filipe Vieira é nas vitórias que se deve criticar, falar e ou apontar... pois bem vou servi-me deste chavão do presidente, não para criticar mas para falar do martirio que envolve e apoguenta-me a alma.Tentarei ser curto e apontar o que ligeiramente desasossega-me a alma neste Benfica que tem-se apresentado em campo nos últimos jogos:

Nada de nada, na prática a apontar aos resultados. Nestas restantes finais, as 9 desde o jogo do wc, adepto não admite ao Benfica outro resultado que não a vitória, não admite outro resultado que não seja  chegar ao fim dessas finais com os três pontos no bolso. Até agora jogamos cinco dessas nove finais..pois muito bem na prática a equipa não falhou. Com as particularidades de cada partida, o Benfica venceu as cinco! Não poderia estar mais satisfeito, em algumas dessas finais existiu mesmo alma e reacção de campeão. Houve desde o dá-me ao 35 a um enfarte...

Mas então o que ligeiramente atormenta-me a alma?

Alguns, vou chamar-lhe de coisas ou fenómenos, que estão a tornar-se demasiado repetitivos. Podemos confundi-los como sorte ou como azar. Depende sempre da perspectiva de cada um. O primeiro desses fenómenos é que estamos a entrar nos jogos demasiado desconcentrados.

Em Munique embora para outro campeonato, práticamente na primeira jogada do encontro já Éderson tinha buscar a bola ao fundo das redes. Na Luz frente ao Braga, alguém ou algo nos protegeu nos dez minutos iniciais...Em Coimbra uma entrada amorfa e golo tomado no primeiro quarto de hora do encontro. Ontem frente ao Sétubal voltámos a sofrer um golo muito cedo, aos 14 segundos...Estas desconcentrações estão a acontecer demasiadas vezes... são tudo menos "azares"!...os erros acontecem, mas algo não estará bem.

Felizmente a equipa depois tem reagido bem a estas desconcentrações de entrada.

O segundo fenómeno passa pela qualidade individual dos nossos jogadores que têm-nos "bafejado" nos instantes finais das partidas. No golo de classe do Jonas no Bessa, obtido nos descontos que deu-nos a vitória, no brilhante golo do Jimenez em Coimbra aos 86 minutos, que desbloqueou o empate que agarrava-se teimosamente ao marcador, e na intervenção corajosa e decidida de ontem do Èderson aos pés do dianteiro setubalense que evitou orgasmos lagartos e enfartes nos Benfiquistas. Sorte de tê-los por cá do nosso lado. A "sorte" dos últimos minutos que nos foi bem madrasta recentemente, tirou-nos tudo o que era nosso por direito e mérito parece que pretende saldar a sua dívida para connosco...mas nunca abusando da "sorte"...

O terceiro fenómeno que aponto, não para bater mais uma vez no ceguinho Pizzi, mas na tentativa de vê-lo dar a volta por cima, de espairecer e limpar a cabeça, e da próxima vez tenho a certeza que ele não será displicente. Em Coimbra frente à Académica e ontem na Luz frente ao Vitória bem perto do intervalo Pizzi tem duas oportunidades onde o mais díficil seria mesmo falhar o golo. Pizzi falhou, todos falham, o problema ou a essência não é essa, é sim a maneira barata e desleixada que Pizzi tentou finalizar as respectivas jogadas. Acredito no Pizzi.O Pizzi foi, é, para mim, um jogador chave da equipa. Fulcral e decisivo num momento chave da época e ao longo dela, apenas tem que refletir sobre o que passou no lance de Coimbra e no(s) lance(s) de ontem.

Carrega Pizzi...já te perdoei!

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:24


Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •