Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



PARA LER

por BENFICA365, em 12.11.16

Para ler - sem compromisso, deixe a preguiça e ... "mergulhe no Seixal".

http://24.sapo.pt/desporto/artigos/24-horas-na-academia-do-benfica-dormir-com-as-estrelas-do-seixal

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:43


SÃO MUITOS ACASOS PARA SEREM POR ACASO

por BENFICA365, em 24.07.16

Apenas coincidências, ou então...

Jimenez, Pizzi, e Sálvio são à data os três jogadores, ou as três aquisições mais caras de sempre da história Benfica.

Pelo troco de "interessantes" somas avultadas:

vinte e dois Jimenez;

catorze Pizzi;

treze e meio Sálvio;

entram assim para o Top 3 das transferências mais caras da história do Clube.

 

O que une Jimenez, Pizzi, e Sálvio?...

As transferências mais caras da história do Benfica são todas provenientes do Atlético de Madrid.

Todos eles, não conseguiram "fixar-se" no Atlético de Madrid.

Todos eles chegaram à Luz, por percentagens dos direitos económicos / passe.

Sálvio chegou por um empréstimo de um ano por 2,5 milhões (20% do passe). Voltou e o Benfica dispensou pelos restantes 80% do passe, 11 milhões de euros.

Pizzi chegou por 6 milhões de euros por 50% do passe, e o Benfica em Dezembro/ Janeiro último comprou os restantes 50% por 8 milhões de euros.

Jimenez, chegou por 9 milhões por 50% do passe, e recentemente o Benfica adquirou os restantes 50% por 12 milhões.

 

São realmente muitos acasos, para serem por acaso, originando o normal (na fantástica e colossal plural universalidade da diáspora Benfiquista) e imenso rol de opiniões, contra opiniões, teorias, não teorias sobre os contornos destes negócios com o Atlético. Tenho a minha, respeito muitas outras mesmo que em sentido oposto, mas outras? Sinceramente...

Lavrando a minha opinião, sobre a grana dispendida...

À primeira, fazendo (quase) de cada caso, um caso, Sálvio quando passou por cá pela primeira vez, deixou-me àgua na boca, sinceramente decretei que 13,5 milhões um valor justo (barato), para todo o conjunto que o jogador apresentava/ potenciava desportivamente e numa fase posterior, (porque a vida de um Clube como o Benfica é assim) financeiramente.

Já com os outros "meninos" (Pizzi e Jimenez), torci e torço um tanto ou quanto o nariz às respectivas "etiquetas de preço". Honestamente, não condeno, mas não simpatizei com os milhões dispensados pelo Pizzi e Jimenez.

 

Agora lavrando aquilo que chamo uma espécie de meu contra-senso sobre o assunto (grana um tanto à parte):

Os contornos destes três negócios, têm muito acasos para serem por acaso, mas estou longe de considerar verdadeiras vieiradas, primeiro porque numa visão romântica da "coisa": o verdadeiro valor das coisas não está no quanto elas custam ou valem, mas sim nos momentos ou na felicidade que geram em nós.

E foda-se!!! Sálvio, Pizzi, Jimenéz deram-me momentos daqueles...

Esqueço-me, e quero lá saber que custaram "x", "x+y"...

Não tem valor aquele golo do Jimenez ao Bayer... aquele golo fez-me (ainda mais) acreditar...

Depois, numa visão muito minha e muito prática da "coisa": Numa primeira fase o Benfica tem pago ao Atlético, para do tipo "experimentar a mercadoria", e depois se realmente o Benfica gosta ou gostou, tem de pagar para ficar com a mercadoria.

Para o bem ou mal depende sempre do ponto de vista de cada um, o Benfica avaliou e decidiu que o "esforço" era compensatório.

Depois o futebol é feito de curiosidades e de contra sensos.

Muitos onde me incluo, entenderam que o Pizzi foi demasiado caro. Passado uns miseros meses, defendiam, aqui não me incluo, porque tenho uma opinião muito própria sobre a selecção, a total injustiça que era o Pizzi, não perfilar nos 23 escolhidos pelo Fernando Santos.

Mas não só, logo após ser anunciada a sua compra por um total de 14 milhões, Pizzi começa a "jogar à bola", golos, assistências, importantíssimo nos novos equilibrios que Rui Vitória resolveu dar à sua equipa... não se fizeram esperar e logo começam chover a potes rasgados elogios.

Por entre linhas (já) conseguiamos ler, que afinal 14 milhões eram um regateio.

Jimenez (por mim) também demasiado caro, mas que provavelmente já pagou-se em parte. Pagou-se emotivamente com os adeptos, foi importantíssimo e determinante na caminhada final rumo ao Trinta e cinco, foi uma espécie de Mantorras mexicano. Pagou-se financeiramente, embora de forma desatenta para muitos, com as suas exibições na Champions. Contra Astana, Zenit, Bayer, deixou a sua marca, e alguns milhões nos cofres da Luz.

 

A minha espécie de contra- senso, é esta, foram sem dúvida, o Pizzi e Jimenez, jogadores excessivamente caros. Sálvio entendo que não padece desse rótulo e  até decreto que Sálvio tem à muito as suas "contas saldadas". 

Acredito que ao longo do tempo assim como o Sálvio já se pagou, os outros dois vão pagar-se da única maneira que acredito que um jogador paga o seu verdadeiro valor, da única maneira que paga o seu "calote". Concedendo momentos e momentos de alegria, momentos de paixão, momentos de verdadeira entrega a uma causa, objectivo.

Pelo que deram, vão continuar a dar, Pizzi e Jimenez vão ser autênticas borlas. 

Pizzi e Jimenez vão abater o "passivo" que ainda têm para com o Clube e para os Benfiquistas. Têm tido comportamentos, desempenhos que fazem-me crer, que são gente de bem e que não têm nada de caloteiros.

São muitos acasos, para serem por acaso. Se muita coisa une os três, porquê o sucesso ou retorno desportivo também não vai os unir? Para já são só Tricampeões nacionais!

Já a titulo de exemplo contrário, Djurici, Ola John, jamais vão pagar-se aos Benfiquistas. Autênticos caloteiros.

 

p.s.Taarabt sim, foi uma vieirada.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:03


NA PRÁTICA....

por BENFICA365, em 21.07.16

Gaitan foi "despachado" por 3 milhões!

I rest my case.

 

Eternamente Sport Lisboa  e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:59


CARECEM DE SOLUÇÃO

por BENFICA365, em 26.06.16

Muitas são as indefinições no plantel que vai atacar o Tetra.

As inevitáveis "gestões pessoais" de todas as pré-épocas.

Quem fica, quem deve ficar!...

Quem entra, quem devia entrar!... 

Quem sai, quem deve mesmo sair!...

Quais são os jovens mais preparados da equipa B que merecem uma oportunidade...

Quais os retornos, quem devia ser emprestado, etc...

 

Entre as excessivas situações, muitos são os  jogadores que é necessário avaliar, sobre quem terá oportunidade de fazer a pré-época com a equipa principal, e sobre estes, quem será encaminhado para outros clubes ou vender.

A minha ideia, é negociar a título definitivo muitos desses activos e realizar dinheiro, assegurando sempre uma(baixa) cláusula de recompra e ou uma percentagem no passe, para o caso de terem sucesso e voltarem a interessar ao Benfica. Estilo Real Madrid.

 

Entre as excessivas situações e ou indefinições, para mim por razões todas elas obviamente diferentes e específicas de cada qual, existem quatro que são prioridade, carecem de uma (célere) solução definitiva.

Face ao trabalho realizado pelo Rui Vitória até agora, e ao que se passou ao longo da finda época, as indefinições Taarabt, Djuricic, Cristante, Ola John indicam que não contam para o totobola.

E honestamente, cada caso é um caso, mas o tempo destes acabou no Benfica.

 

Valerá a pena, abordar Taarabt?

È merecedor de uma valente sova, é merecedor de umas valentes chibatadas. Quem se auto- destrói, quem priva os comuns inatos de falta de talento, mas "amantes" do desporto-rei de assistir e regalar à predestinada magia que brota daqueles pés, não merece nada. Taarabt antes de tudo e mais alguma coisa é um sacana por "esconder", violar e profanar o dom que nasceu com ele.

Transportar este fado para dentro do Benfica, coloca-me ainda mais revoltado.

Taarabt é caro, é mau profissional, não é merecedor sequer de meia oportunidade, é desejado e é muito bom que façam um belo de um embrulho, todo jeitosão e bonitão, coloquem o selo prá Turquia, prá China, não quero saber... com o objectivo claro e definido de realizar uma valente soma de notas... ou que dê ao menos para pagar as despesas da graça e da mordomia gozada pelo jogador ao longo da época.

 

Djuricic, (ainda aos 24 anos) julga-se a melhor bolacha do pacote, fruto (talvez) da idade, ou de demasiado mimo.

È um bebé birrento e endeusado por aqueles que lhe são próximos.

Faz birra e peito ao treinador, faz birra e peito ao "Rui Costa", faz birra e peito ao Clube...

Deixo-lhe um aviso, a idade vai passando, é bom que acorde para a vida, senão não chegará a lado algum, pelo menos ao(s) destino(s) triunfantes da alta roda do futebol mundial que se lhe profetizavam.

Bolinha no pé, é ele e mais dez. Agora colocar intensidade e vontade num jogo em que em noventa minutos, um jogador passa oitenta e cinco (gandá a Renato) minutos ou mais, sem a "respectiva", Djuricic roça o ridiculo, roça o zero, a nulidade.

Foram oito milhões pagos pelo sérvio birrento, faça (as nossas) contas caro Presidente, tente e esforce-se para (in)voluntárimente engodar alguém, da Bélgica, da Turquia, da China, sei lá, continuo a não querer saber... alguém... de modo a atenuar os oito milhões, de modo a não perdermos tudo.

 

O meu mais fiel companheiro desta bela condenação de ser Benfica, definiu há uns tempos atrás numa simples e curta declaração o perfil de jogador que é o Ola John.

" O sacana tem tudo e nada ao mesmo tempo".

Confesso que durante muito tempo foi fiel depositário de muita esperança, sempre aguardei que Ola John detonasse o futebol explosivo que este tem nos seus pés... mas porra num mesmo segundo que ele enchia-me de esperança, ele esvaziava essa mesma esperança..."tudo e nada ao mesmo tempo".

Foi-se, acabou-se, essa esperança!

À semelhança de Djuricic, Ola John também custou-nos uma bela pipa de massa... é um jogador que dificilmente o Benfica obterá retorno financeiro... só se for uma "chinesice".

 

Cristante, dá-me pena.

Algo passou-se de errado com este puto.

Foi próprio dele (?), foi a forte concorrência que tinha no Benfica, que pouco a pouco retirou-lhe toda a confiança e a aura de (futuro) craque italiano (?), facto é que no modesto Palermo, Cristante foi demasiado discreto e insignificante.

Não deu aquele salto, não catapultou a justa fama vinda do seu percurso de formação para o futebol sénior.

Vinte e um aninhos, ainda vai a tempo de fazer a desejada transição!?

Ainda goza de um certo estatuto em Itália, é o caso ideal para o Benfica realizar dinheiro, assegurando sempre uma (baixa) cláusula de recompra e percentagem no passe, em caso de sucesso do jogador e obviamente se este voltar a interessar ao Clube.

 

Na minha opinião, a SAD, Luis Filipe Vieira e Rui Vitória não deviam adiar por muito mais tempo estes dossiers. Pelo menos o do Taraabt.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:54


FALHÁMOS!

por BENFICA365, em 19.06.16

Este Domingo foi negro!

Falhamos!

 

Não conseguimos impedir a conquista do campeonato nacional de futsal pelo grémio do badocha, aliás perdemos tudo para eles.

Dominaram e limparam tudo, são mais fortes, e têm melhor equipa. Custa engolir, mas foram vitórias justissímas pelo grémio do lumiar.

Já no Hóquei, perdemos a Taça de Portugal para o grémio frutanheiro. Ainda assim, o Hóquei, das modalidades foi a melhor de todas. Foi Bicampeão e juntou ao Bicampeonato o Titulo Europeu. De "ressaca" foram incapazes de "limpar tudo."

 

Embora desejasse ganhar sempre, isso não é possível...

A nível das modalidades, é tempo de balanços, comparando com a época anterior, esta época foi menos positiva... (só fomos campeões nacionais no Hóquei!). Também era díficil, senão de todo impossível igualar a época anterior.

È preciso  internamente (re)pensar o que de bom foi alcançado, e o que de mau ocorreu. È tempo de apear os pontos fracos e afinar a estratégia. Porque nem tudo foi mau, pormenores... acabamos por discutir o título em todas as modalidades  (não se pode ganhar sempre), ainda assim, em todas elas, pelo menos um "caneco" levaram para o Cosme Damião.

Depois olhar e analisar com muita atenção para o trabalho dos nossos rivais.

E daí projectar a nova época, de modo de cada vez mais sermos competitivos, com o objectivo claro de recuperar o que foi perdido este ano.

 

Também gostaria de partilhar a ideia estratégica para as modalidades do nosso Clube (da qual concordo) que o Papoila Saltitante "soltou" pelo seu blog:

"O Benfica... tem de ter a noção que investir em todas as modalidades de pavilhão é espectacular para os Benfiquistas mas o orçamento não dá para tudo e acaba por ter uma grande desvantagem para os rivais, daí eu defender que deveria de ser equacionada a passagem do futsal do clube para a SAD do SL Benfica, libertando o orçamento do clube para investir forte nas outras modalidades e fazer do futsal a segunda grande modalidade do Benfica... penso que o futsal justifica esse investimento da SAD pois a modalidade tem tido um grande crescimento mediático, os patrocinadores têm aumentado a olhos vistos e o futsal tem sido uma grande aposta da FPF e da UEFA."

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:15


COMPULSÃO POR COMPRAS

por BENFICA365, em 18.11.15

Segundo as "nu tucias pasquinadas"  estes jogadores gravitam na nossa órbita.

  1. Diogo Jota;
  2. Malcom;
  3. Rodrigo de Paul;
  4. Siqueira;
  5. Zivkovic;
  6. Josué;
  7. Carrillo
  8. Kalaica;
  9. Wallace;
  10. Bura;
  11. Zeca;
  12. Alvaro Pereira;
  13. Meli;
  14. Luka Jovic;
  15. Malhambi;
  16. Gabriel;
  17. Grimaldo;
  18. Dren Feka;
  19. Neto;
  20. Armando Izzo;

A lista certamente crescerá.

 

Junta-se o útil ao agradável. Uma "lista" extensa e crescente de jogadores, com o nosso circulo vicioso de precisar de novas compras para amenizar a ansiedade causada pelas compras desnecessárias anteriores. Toda compulsão oferece, num primeiro momento, um prazer extremo, a sensação de ser recompensado é intensa ao adquirir mais/novos jogadores. Num segundo momento, repete-se e repete-se o fútil e o dispensável até os empréstimos se acumularem, e os adeptos se indisporem por completo.

Compra(s)!? Que se decida racionalmente!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:45


NO FIM DAS CONTAS, A GENTE FAZ DE CONTA...

por BENFICA365, em 01.11.15

Li atentamente, o post do Benfica Eagle no NGB sobre o Relatório de Contas do Benfica: Transferências

 

Marca-se, que continua a ser preocupante "ofertar" tanto milho e tanto milhão. Tanto milhão empatado em jogadores que mal chegam a jogar, em suplentes, muitos sem categoria para vestir o manto sagrado e depois "abandonam-se" lugares/posições evidentes por preencher. Milho e milhões inexplicavamente empregues.

Negócios discutivéis, os milhões empregues em qualidade duvidosa por exemplo não serviriam para um lateral esquerdo de valor indiscutível, num insuspeito dono do lugar. Siqueira, Insua ou porquê optou-se pelas linhas negociais de Djavan!? Acrescento que sou apreciador das qualidades de Djavan é melhor que qualquer um que temos no momento. 

 

O palpável corolário de um bom ou mau negócio depende de múltiplos factores. Nos negócios da bola, então!

Depende da famosa mas sempre discutível adaptação do jogador a uma nova realidade: clube, país/cidade, do treinador, dos empresários, dos intermediários, dos adeptos, do próprio sucesso desportivo do clube, etc, etc, etc, blá, blá, blá...

E se todos os negócios da bola no fim resultassem, se todos fossem uma regalia para o binónimo rendimento desportivo-  lucro financeiro...

No entanto, continuo a dizer, as compras devem ser feitas com critério, não podemos comprar por comprar, o Benfica não pode ter, quer dizer poder até pode ter  100 jogadores nos seus quadros, mas que entre esses 100 jogadores não enfileirem dois excelentes laterais esquerdos, ou dois excelentes laterais direitos...and so on and on...é absurdo, é lesivo, é danoso e transmite inépcia de quem comanda os destinos do nosso futebol.

 

Luis Filipe Vieira, não pode continuar a pregar um novo caminho para o nosso futebol e depois paralelamente continuar a desbaratar milhões. Defendo a politica desportiva que Luis Filipe Vieira pretende trilhar: apostar nos miúdos (miúdos aptos a somar e ou acrescentar qualidade ao plantel principal) e ser muitíssimo selectivo e assertivo nas aquisições. Para mim não existiria ponta de discussão se todos os anos o Benfica com os critérios bem definidos e fixados empregasse 30 a 50 milhões em três a quatro grandes aquisições, jogadores de enormissima qualidade. Craques!

Mas infelizmente não é isso que se passa, ou pelo menos em parte. Os putos andam aí, mas continuamos a desperdiçar muito milho em galinhas que não botam ovos. E como se isso não bastasse, algumas galinhas letargiam os ovos dos nossos putos. E no fim nem uma coisa nem outra...nem sucesso desportivo nem sucesso "fazendário".

 

Srº Presidente não podemos voar como uma Águia enquanto estamos  a dar milho galinhas sem qualidade. Diga não à mediocridade: SONHE GRANDE! O PRIMEIRO CRITÉRIO TEM QUE SER QUALIDADE!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:45


PERDIDO POR UM, PERDIDO POR MUITOS

por BENFICA365, em 29.10.15

Pizzi, Talisca há muito que são mais problema do que solução...

Acredito que André Almeida, é muito mais útil na lateral direita do que no centro do terreno...

 

E perdido por um, perdido por muitos, nada se perde apostar num meio campo composto por Samaris e Cristante frente ao Tondela para a Liga NOS.

E com o castigo europeu de Samaris...

E perdido por um, perdido por muitos, nada se perde apostar num meio campo composto por Cristante e Renato Sanches frente ao Galatassaray para a Liga dos Campeões.

 

Jà declarei as minhas intenções de treinador de bancada junto aos Benfiquistas que me são próximos, (e agora partilho-as com outros Benfiquistas mais), recebi deles feedbacks do tipo:

«...há um pouco de razão na tua loucura....mas não»;

«...Lembra-te, escolhas erradas resultam em arrependimentos e frustrações...»;

«...ou vai ou racha...perdido por um, perdido por muitos...»;

«...é preciso um golpe de loucura na cabeça de Rui Vitória...não, não e não»;

 

Se Rui Vitória continua tentando e tentando, errando porquê não experimenta os putos? O italiano e o português. Por fim até pode acertar!... Reconheço tanto num como noutro qualidades para impor e fixar o seu futebol na equipa do Benfica.

Podem apontar a falta de experiência dos putos, porém como não se pode criar experiência, é preciso passar por ela, e só se passa por ela jogando. 

È  lançar os putos às feras!!!

Porra! Ando tão saturado, copioso, irritado, desesperado com as inúmeras oportunidades dadas sempre aos suspeitos do costume e incessantemente com a mesma amargura de resultados, que perdido por um, perdido por muitos, nada se perde (a não ser mais da mesma frustante porcaria) que a criação de algo novo na equipa do Benfica é consumada e despertada pelo instinto desta minha necessidade pessoal.  Quero ver algo novo, arriscar se(m)edo,  nem que depois o resultado da experiência alçancado não seja o desejado...

 

Aquilo que deveria ser uma aposta na formação de forma gradual, equilibrada, ponderada e integrada num colectivo forte, coeso, experiente e competitivo acabará por ser uma medida agoniante, de desespero e completamente inversa ao que se desejava. Pois os putos têm que ser lançados improgressivamente e em catadupa face à vão e débil resposta de muitos dos elementos do plantel principal quando chamados a jogo e face também a um colectivo "esfrangalhado", desarmónico e desligado entre sectores. (obrigado pela dica filosófica Iliustre Isaías)

Não é para ter dores de crescimento!? São inevitáveis!? Então que sejam dores significantes diante do volume de sofrimento que vou/vamos passar! Crescer custa, demora, esfola, mas compensa. Que se lance os putos às feras!

Por mim: Carrega Cristante, Carrega Renato!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:55


ESTRATÉGIA POR CONVICÇÃO!?

por BENFICA365, em 07.09.15

A fazer fé nas palavras do Presidente, a  aposta na formação made in Seixal é por convicção e não por problemas/restrições financeiras.

 

Desculpe, Srº Presidente...

Então o Benfica está mais fraco, por convicção, por estratégia, sem ter sido "obrigado"  a tomar este caminho...POR OPÇÃO!?

Para mim, a alteração brusca/ repentina do rumo de gestão, o "all-in made in Seixal" parece-me manifestamente excessivo.  Discordo e carrego alguma desconfiança no caminho traçado para se atingir os objectivos pretendidos.

Apoio, e fico satisfeito com a perspectiva do Benfica apostar na formação, mas no sentido de fazer do Seixal um  complemento à estratégia que nos levou ao sucesso. O produto made in Seixal deve complementar a sua formação, (crescer, aprender, amadurecer) com os "Aimares" e "Saviolas"  obrigatórios no plantel principal e não com jogadores medianos (para ser simpático).

 

Desculpe Srº Presidente...

Mas não são por "palavras maiores", que conseguirá vender-me a sua "ideia encantadora" de um Benfica claramente made in Seixal. Que um Benfica claramente made in Seixal será capaz de manter-se a ganhar. Não consigo "entregar-me de cabeça" a esta estratégia, Desculpe Srº Presidente...

 

Eternamente Sport Lisboa e  Benfica 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32


OS PUTOS

por BENFICA365, em 13.07.15

"Nuno Santos, Nélson Semedo, Raphael Guzzo e João Teixeira renovaram, esta segunda-feira, contrato com o SL Benfica válido até 2021. Cada um dos jogadores tem agora uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros..." in SL BENFICA

Face ao que tudo indica ser a nova gestão desportiva a trilhar pelo Sport Lisboa e Benfica, é um facto que no Benfica é mesmo assim, nunca poderá ser de outra maneira. Quanto contratamos "bombas", ou contentores de jogadores de imediato são gerados cerrados ataques à falta de aposta na formação ou a defesa intransigente da aposta na formação. Quando (tudo indica) é feita a aposta na formação com renovação de contratos ou formalização dos primeiros contratos  profissionais de alguns jovens, suplicamos a contratação de bombas e ou de investimento em jogadores. Não há sequer um (ideal) meio termo.

 

Mas prestando a minha opinião sobre os (quatro) putos da foto/imagem,  Nuno Santos  poderá afirmar-se como imediata opção no plantel 15/16. Não afirmo categoricamente directo ao onze, mas como uma opção muito válida para integrar o plantel e as convocatórias. Parece que já estou a vê-lo: a meio do terreno de jogo de ataque junto da linha lateral direita a driblar um adversário, a vir com a bola para dentro à procura de espaço para disparar, pé esquerdo na bola e GOLAÇO !  Ou ainda um GOLAÇO na marcação de um livre directo.

Se houver coragem ou se ainda Rui Vitória fazer jus á fama que tem de lançar jovens, o lugar de defesa-direito será de Nelsinho e ou Nélson Semedo mais cedo do que todos possamos imaginar. Guzzo e Teixeira partem muito atrás.  Teixeira parece-me incapaz de dar o tal salto qualitativo, a linha que separa, confesso que isso irrita-me, é que ele andou/ anda  tão perto de dar o salto e algo, creio psicologicamente o impede de dá-lo . Talvez padeça do mesmo sindrome Nélson Oliveira.

Antes de tudo, compete a cada um deles lutar pela sua oportunidade e superar o primeiro desafio: ficar no plantel principal. Que sejam capazes de trilhar um futuro risonho ao serviço do Sport Lisboa e Benfica.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00


Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •