Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



VERDE-Ó-ÁRBITRO!

por BENFICA365, em 12.08.17
Vamos ver se estas palavras ficarão perdidas e irremediáveis!... ou vamos ver se o bruno paixão vira no futuro a bardamerda.
«É penalti; bruno paixão está melhor de ano para ano» - judas iscariotes
 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:19


A GERAÇÃO ESQUECIDA DE BOIS DO APITO!

por BENFICA365, em 15.06.17

Quem vão ser os videos- árbitros?

 

Já não é altura de a Liga de clubes, a fpf, ou quem de competência no futebol português já ter definido quem serão os 18 "novos árbitros".

A Liga 2017/2018 já começa "amanhã", e ninguém nada faz... onde estão as regras claras e absolutas sobre isto: quem serão os video-arbitros(?), quais os critérios para a nomeação(?).

Questiono:

Os árbitros de campo podem ou não também serem considerados para as competencias do video árbitro?

Se por exemplo numa jornada jorge sousa apita um jogo, na semana seguinte pode ou passa a video árbitro?

Escolher os melhores, ou pelo menos designar os que oferecem mais condições para estar à altura do desafio, é incompatível com caprichos ou limitações dos sorteios?

Por exemplo um video árbitro poderá "apitar" a mesma equipa de três em três semanas/jornadas?

Etc, etc...

 

Face ao fraco número de árbitros, ou melhor, face ou número insuficiente de árbitros... preocupa-me os rumores que estão a pensar seriamente chamar uma geração de árbitros que já estavamos livres, para reaparecer no video-árbitro.

Chamar bois do passado que pautaram as suas apitagens contra o Vermelho Benfica, como o coroado, o rola, marco ferreira, leirós, martins dos santos, calheiros, rosa santos, fortunado, pedro henriques, pratas, costas, augusto duarte, etc, etc, etc... dispostos e sorridentes em relançar a carreira, ou melhor em relançar o apito dourado, não agoira nada bom para a "experiencia" do video-arbitro e principalmente para o Benfica.  

Para além da conspurcada fumarada lançada pelos fascistas de Contumil que tem como objectivo principal e imediato condicionar a arbitragem para a próxima época para os jogos do Tetracampeão, se é para regenerar o futebol nacional, o video árbitro como avanço fundamental, chamar esta "extraordinária" geração esquecida e reformada dos anos 90, e até mais recente, de bois do apito será um tremendo erro, é voltar a um vicio que não foi nada bom, foi negro para o futebol português.

Muitos alegam "...O futebol nunca mais vai ser o mesmo.." com a introdução das novas técnologias, e é a verdade, ou com mais verdade desportiva o futebol prosperará... contudo digo que ao chamar essa boiada do apito dourado para desempenhar as funções de video árbitro: O FRUTABOL NACIONAL VAI VOLTAR A SER O MESMO"  

 

Citando a ironia do Guachos Vermelhos:

«Antigos árbitros no video-árbitro? Parece-me uma excelente ideia. carlos calheiros e jorge encornado faziam só jogos do Benfica. Nos do foculporto metiam o fortunato azevedo e o rosa santos e nos lagartos avançavam marco ferreira e pedro henriques. Abriam uma casa de alterne para combinar a táctica e pronto, acabavam-se os problemas dos árbitros num abrir e fechar de e-mails.»

 
Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:39

Que ninguém tenha dúvidas que a introdução do vídeo-árbitro na edição da liga 2017/2018 e seguintes virá "ajudar" o Maior e os dois grandes, a ganhar mais jogos...

A introdução do vídeo-árbitro cavará profundamente ainda mais a diferença competitiva entre o Maior e dois grandes em relação às restantes equipas.

Só se o Maior, ou os dois grandes por incompetência se prestarem a uma má época, mas dentro da normalidade que é a competitividade do campeonato português, e no sucesso desejado com a introdução do vídeo árbitro, prevejo até que o recorde de pontos obtidos numa edição da Liga (88 pontos) possa ser batido.

Só não prevejo quem será o campeão... desejo que seja o Penta!

 

Quem afirma que o vídeo-árbitro equilibrará o campeonato, e a sua competitividade entre todas as equipas da competição, das duas uma, ou não está a pensar direito, ou não assiste aos jogos da Liga portuguesa...

Quem são as equipas que passam mais tempo dentro do campo adversário?

Quem são as equipas que passam o jogo (quase) todo em cima do adversário, massacrando?

Quem são as equipas que forçam ou provocam o erro, provocam as más tomadas de decisão dos jogadores das equipas adversárias?

Em que grandes àreas, ou zonas próximas das mesmas e de que equipas acontecem a maior parte dos erros de arbitragem? E com muita frequência?

Entradas perigosas, merecedoras de acção disciplinar, quem são as equipas que recorrem mais?

 

O vídeo árbitro vem "ajudar" claramente quem ataca mais, e em Portugal são as equipas do Benfica e dos grémios dragartos, quem o faz quase na totalidade dos seus jogos.

Olhamos aos "nossos" casos da Liga do Tetracampeonato que o vídeo-árbitro decidiria a favor do Benfica:

Jogo na Luz com o V.Setúbal- golo irregular do V. Setúbal;

Jogo nos Barreiros com o Maritimo - penalti sobre o Nélson Semedo, golo da vitória do Maritimo irregular;

Jogo na Luz com o Boavista- um hat-trick de golos irregulares da equipa visitante;

Jogo no Bonfim com o V. Setúbal - penalti por assinalar -mão na área de um jogador do V. Setúbal a remate do Mitroglou, penalti por assinalar- falta sobre o Carrilo.

Tudo jogos em que o Benfica perdeu pontos.

Assim como os grémios dragartos também razões de queixa de arbitragem nos seus jogos, que o vídeo- árbitro sustentaria as suas razões de queixa.

 

Quem afirma que o Maior e os dois grandes são sempre as equipas mais beneficiadas pela arbitragem, é treta de um mito futebolístico que se criou por estar excessivamente a ser repetido.

Quantas vezes e em quantos jogos, ocorrem erros grosseiros da equipa de arbitragem em desfavor do Maior e dos dois grandes e estes não têm influência directa no resultado... ou seja as equipas em questão acabam por ganhar os seus jogos, até de goleada, e nesses jogos ocorrem penaltis escandolosos, golos mal anulados, etc...

Ocorrem dezenas de lance para avaliação do juíz da partida...

Uma das formas mais desonestas de argumentar, é afirmar recorrentemente ao tal mito, pois se na totalidade dos lances avaliados pelo juiz ocorrem em larga escala, por força do poderio e da superioridade das equipas em questão, acontecem contras as equipas mais pequenas, é normal que o árbitro eventualmente em dez lances erre um. E esse erro castiga, ou falseia a avaliação global de todo um conjunto de decisões do árbitro ao longo de todo o jogo e reforça erradamente esse mito.

Quantos fora de jogo decidiu bem um fiscal de linha para errar um?

Quantos penaltis assinalou bem o árbitro para errar num?

E o vídeo- árbitro vem reduzir o erro, não anulá-lo, mas não tenho dúvidas, o vídeo-arbitro será o "melhor amigo" das equipas que jogam para ganhar as competições.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:25

huguinho foi nomeado para o jogo da final da Taça de Portugal: Benfica - V. Guimarães.

 

O boi apitador huguinho, opinião pessoal-  é um artista fecundado, formado e formatado para bater sempre o pé ao Benfica. A nomeação já só por si, levantava-me irritação... Por experiências passadas sei muito bem o que o huguinho é capaz de "oferecer" quando coloca o apito na boca e o Benfica está em campo.

 

Acresce que huguinho é também conhecido e sabido por todo o planeta futebol nacional que é agente da marca de equipamentos Macron que, como sabemos, equipa o sporting, mas também equipa entre outras equipas, a do V. Guimarães, equipa presente no jogo da final.

Assistir a esta nomeação não é uma falha grave!
Assistir a esta nomeação não é uma declaração de incompetência e impreparação para a função de quem nomeia!
Acredito nisso, não sou nenhum idiota!
Pois quem nomeia sabe o potencial conflito de interesses que pode existir!
Pois quem nomeia sabe perfeitamente que não está a acautelar nem Benfica, nem V. Guimarães, nem mesmo o próprio huguinho?
 
È claro que sabem, creio profundamente que sabem...
Quem fez esta nomeação sabe perfeitamente que não está a acautelar nada nem ninguém que directa ou indirectamente intervenha neste jogo da final.
Já de si é muito duvidoso que a actividade comercial do árbitro seja compatível com a qualidade de profissional da arbitragem que já possui, mas assistir a esta nomeação à cor dos meus olhos é mais uma afronta directa ao Benfica.
 
Acresce a esta (mais uma) inocente nomeação do huguinho que a fpf decidiu fazer deste jogo um teste oficial ao vídeo-arbitro... e decidiu para tal colocar, o boi "arturinho", o tal que há pouquissimo tempo somou à sua influência arbitral três, só três penaltis não assinalados a favor do Benfica no dérbi e também colocar o boi "suizinha" assumido supercagão e com vasto historial de sábias artimanhas em desfavorecimento do Benfica aos "comandos" do vídeo...
huguinho, arturinho, suizinha...
BRUXAS?... SE EXISTEM, É MELHOR QUE ESTEJAM DO NOSSO LADO...
 
Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58


E UM VIDEO PARA ANALISAR O VIDEO ÁRBITRO!?

por BENFICA365, em 04.05.17

A Federação portuguesa de futebol decidiu atacar a questão das críticas aos árbitros e aprovou o videoárbitro para todos os jogos da Liga em 2017/2018.

 

Então será o video árbitro a garantia da transparência e da verdade desportiva?

Veremos se no final da época 2017/2018 o vencedor do campeonato será reconhecido pelos rivais como um justo e mérito vencedor.

Para mim vai dar tudo ao mesmo, existem senhores que continuaram a ver coisas onde elas não existem, e a não ver coisas onde elas existem!!! Passaremos a discutir a isenção da "cor dos olhos" de quem está por de trás do video!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:10


"LITRATÍCIA"

por BENFICA365, em 20.04.16

«Não atacamos o rival, mas sim a verdade desportiva» - pirata informático, dragarto e anti benfica - dragartinácio

 

Pois atacam a verdade desportiva! Aqui

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:32


A POLÉMICA DECISÃO DE GERMAN DELFINO

por BENFICA365, em 07.04.15

German Delfino, árbitro argentino, durante o jogo entre o Velez e Arsenal Sarandi, voltou atrás na marcação de uma grande penalidade e na expulsão de um jogador do Arsenal, depois de ter recorrido à repetição da jogada na televisão através do seu assistente.

No final do jogo, o juiz estava orgulhoso pela decisão que tomou;

"Foi muito complicado tomar esta decisão, mas vou tranquilo para casa por ter sido feita justiça."

O caso está sob inquérito da Federação argentina e German Delfino poderá ser irradiado da arbitragem por  tomar a decisão certa. 

 

Bem... é de admitir que German Delfino é um árbitro muito inovador e com eles no sítio, mas não pioneiro, não é o vanguardista deste tipo de "inovações". O insólito também já aconteceu por terras lusas, passou foi (quase) despercebido, incógnito, como sempre convém quando é contra o Benfica. O caso "luso" (recurso às imagens) ocorreu este ano em Paços de Ferreira, quando Bruno Paixão assinalou penaltie contra o Benfica ( e é evidente que é penaltie) a mando do 4º árbitro Manuel Mota. No entanto teimo e aposto se no caso "luso" a decisão fosse em prol do Benfica tenho a certeza que os mesmos silenciosos avençados que andam sempre por aí, prestavam-se a um cagaçal defendendo que o recurso ás imagens televisivas não é permitido e simultaneamente invocavam os árbitros de tudo e mais alguma coisa e solicitavam a sua irradiação.

Os mesmos avençados  sobre este caso "argentino" fartam-se de elogiar a atitude de German Delfino e clamam incessantemente as novas técnologias para o futebol. Sendo isto também insólito. 

 

Na minha modesta opinião, este caso "argentino" vem alimentar a discussão, em relação ao recurso às novas tecnologias e ou vídeo árbitro para auxiliar a arbitragem. E entre pedirem escusa ou dispensa para as últimas cinco jornadas por causa de 380 mil euros, de jornada após jornada serem pais de "novas inovações" ( não sei se alguma dia estarei acostumado), os árbitros deveriam ser os primeiros a defender a sua classe. Sobre os árbitros recai muita responsabilidade e entre o acertar e não acertar nas suas decisões, fabricam-se muitos campeões e toda a ajuda é bem-vinda! Deveriam ser os primeiros a bater o pé à FIFA e ao  International Football Association Board (IFAB) sobre a introdução das novas tecnologias e ou vídeo árbitro.

Tudo o que fosse para ajudá-los a tomar decisões correctas, a repor verdade desportiva devia ser defendido e não "irradiado".

Espero que este caso traga algo há muito esperado pelo futebol. Está a vista de todos mais uma forte razão para que se force, acelere as alterações, as mudanças que o futebol moderno exige cada vez mais. 

Tenho plena convicção que German Delfino será irradiado, é pena. Fica o seu legado.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:40


Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •