Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Que grande roubo! 

Assim é tão fácil ser campeão...

A 19´segundos do fim do jogo, a 19´ segundos do fim de uma época, uma vez mais um palhaço coloca tudo em causa e rouba o titulo ao Benfica... ofertando o titulo aos frutanheiros!

Mais uma vez também, parece que a equipa(só) sente-se confortável a jogar dessa maneira, apostando as fichas todas nos instantes finais das partidas e com grande coração vai em busca da felicidade. E a felicidade aconteceu uma vez mais, outra recuperação épica destinava ao Benfica a conquista do Tricampeonato.

Repito a felicidade voltou mesmo a acontecer, o grande coração desta equipa bateu outra vez bem forte e deu-nos a desejada vitória, mas o boi do apito escandalosamente roubou autenticamente a nossa felicidade, roubou o Tricampeonato ao Benfica aos seus jogadores e aos seus adeptos. 

UMA SEM VERGONHICE! UMA PALHAÇADA! UM GOLPE DE TEATRO!

O GOLO QUE O BENFICA MARCA PELO JOÃO RODRIGUES É LIMPO!

Proporcionava uma sensacional reviravolta de 5-2 para um 5-6 e a respectiva conquista do Tricampeonato! Mas o boi roubou-nos o vitória e deu-nos um empate de 5-6 final.

Palhaços do caralho! O titulo fica-lhes bem! Aos bois do apito, e aos grémios!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:08

«Há medo de favorecimento ao FC Porto?» - nuno espírito santo

 

Como assim... (não) ter medo de favorecer?

Já que nes não pára de pressionar os árbitros pede favores à arbitragem, que faça o desenho completo e peça aos adversários para jogarem sem guarda-redes.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:55


PORNOGRAFIA?... ESSE ASSUNTO TÃO GRATO(!)

por BENFICA365, em 10.04.17

Pornografia?... Esse assunto tão grato às gentes do e ao grémio frutanheiro. 

 

 

 

 

 

 

Pornografia???... O ADN de dominância do grémio de contumil

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

O tempo vê, escuta e denuncia tudo...

O suíno, caceteiro de primeira linha, rei gozador da bela impunidade de actos de bordoada e ex-capitão do grémio frutanheiro jorge costa recorda "transformação" nos jogos com o Benfica.

Réu confesso: «Se o meu pai estivesse vestido de vermelho atropelava-o, se a minha mãe estivesse de vermelho atropelava-a.»

 

"Transformação"!?... "Transformação"!?... Palavra carregada de significado. Que significado cósmico para um "simples" e trivial comportamento fisiológico num evento desportivo. Capaz de atropelar pai e mãe!?...

Foda-se Casagrande... Doping, amarelinha, estimulante, cheirar, injectar... foda-se... Rótulos e denominaçoes destroem o verdadeiro significado das coisas. Chama-se transformação capaz de atropelar pai e mãe.

Foda-se Fernando Mendes... jogo sujo, doping era sempre certo... foda-se... Rótulos e denominaçoes destroem o verdadeiro significado das coisas. Chama-se transformação capaz de atropelar pai e mãe

«Em determinado período da minha carreira cheguei a um clube que tinha uma grande equipa, um belíssimo treinador e um presidente carismático. Para além destas qualidades, existiram outros ingredientes que facilitaram o nosso percurso vitorioso. Devo dizer que antes de ir para este clube nunca tinha tido qualquer experiência com doping (pelo menos conscientemente)»
«Os incentivos para correr eram sempre apresentados pelo massagista. Passado pouco tempo de estar no clube, ele aproximou-se de mim, e de outros novos jogadores (...) Disse-me claramente que aquilo que ia dar-me era doping, embora nunca tivesse falado de eventuais efeitos secundários. (...) Com o passar do tempo assumi os riscos e tomei doping de todas as vezes que me foi dado. (...) Nunca vi um único colega insurgir-se perante essa situação»
«No meu tempo, o doping era tomado de duas formas: através de injecção ou por recurso a comprimido. Podia ser antes do jogo, no intervalo, ou com a partida a decorrer, no caso daqueles que saíam do banco (...) A injecção tinha efeito imediato, enquanto os comprimidos precisavam de ser tomados cerca de uma hora antes do jogo»
«Em alguns clubes onde joguei tomei Pervitin, Centramina, Ozotine, cafeína, entre muitas outras coisas das quais nunca soube o nome»
«Cada jogador tomava uma dose personalizada, mediante o seu peso, condição física ou última vez que tinha ingerido a substância (...) Porém, nos jogos importantes era sempre certo (...) Quando se sabia que não iria haver controlo antidoping, nunca falhava»
«Lembro-me de um jogo das competições europeias contra uma equipa que tinha três campeões do mundo no seu plantel. Um deles era um poderoso avançado no jogo aéreo. (...) Apanhei-o várias vezes no meu terreno de acção. Ele era um armário, com um tremendo poder de impulsão. Mas nesse dia eu saltei que nem um louco e ganhei-lhe quase todas as bolas de cabeça (...) O meu segredo: uma pequena vacina, do tamanho de meia unha, chamada Pervitin»
«Em certos treinos víamos um ou dois juniores que apareciam para treinar connosco. Esses juniores não estavam ali porque eram muito bons ou porque tinham de ganhar experiência. Estavam ali para servirem de cobaias a novas dosagens. Um elemento do corpo clínico dava cápsulas ou injecções com composições ilegais a miúdos dos juniores (...) Diziam-lhes que eram vitaminas e que a urina era para controlo interno»
«Se um jogo fosse ao domingo, o nosso médico sabia na sexta ou no sábado quais as partidas que iriam estar sob a tutela do controlo antidoping. Mal tinha acesso à informação, avisava todo o plantel e o dia de jogo acabava por ser directamente influenciado por essa dica»
«Em determinada temporada (...) sou convocado para um encontro particular da Selecção Nacional. (...) Faço uma primeira parte fantástica, mas ao intervalo começo a sentir-me cansado e tenho medo de não aguentar o ritmo (...) O jogo realiza-se num estádio português (...) Estão lá um médico e um massagista de um clube onde jogo (...) No intervalo, peço a esse médico para me dar uma das suas injecções de doping. Saio do balneário da Selecção, sem que ninguém se aperceba, e entro numa salinha ao lado. É aí que me dão a injecção pedida por mim. Volto a frisar que ninguém da Selecção se apercebeu» -
Citações retiradas do livro «Jogo Sujo», de Fernando Mendes e Luís Aguilar (ed. Livros De Hoje, Grupo Leya)     

 

E é tudo... "transformação"!       

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica                    

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40

A "patinar" num rinque copiosamente inclinado pelos dois bois do apito, o Benfica, empatou a seis golos em casa do Hóquei de Barcelos.
Da parte dos bois do apito, uma actuação ao longo de todo o jogo completamente ridicula, escandalosa, vergonhosa... um autêntico ROUBO!

Só não foi um perfeito ROUBO porque a equipa foi brava dentro do rinque e do mal menor alcançou o empate. FOI UM ROUBO QUE IMPEDIU O BENFICA DE GANHAR!
O que levou o nosso técnico, Pedro Nunes, a catalogar a dupla de bois do apito como «uns mascarados de Carnaval que estragaram um grande espetáculo. Mas como é Carnaval, ninguém leva a mal!»

Discordo sem ser discordante do nosso técnico...

(Só) No Carnaval?... Eu vejo-os mascarados o ano inteiro!

(Só) No Carnaval?... Ninguém leva a mal?... È todo ano, sempre que o Benfica é roubado, "ninguém" leva a mal.

Em todo o desporto que "mete apito na boca",  em desespero, carregados raiva...

Prepara-te Benfica!... Vêm ai os pesados castigos promovidos pelos maus!... Aos nossos jogadores, ao nosso treinador...

Prepara-te Benfica!... Querem e vale tudo para tomar o que é merecidamente teu!

Prepara-te Benfica!... em qualquer modalidade, seja jogada com os pés, com as mãos, com um stick, etc.. são todas para serem tomadas de assalto.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:22

"Os árbitros condicionam os resultados com estas acções... o árbitro podia ter contemporizado"-nes

È um feeling...

Ao longo desta época, ainda vou aprisionar-me ao bordão: o árbitro podia ter contemporizado.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:22

Crime, impunidade dançam neste país de mãos dadas...

E no desporto em geral, no futebol em particular, então!?... 

È sem sombra de dúvida um plano astral maior.

 

Nada encoraja tanto aos de contumil, desde as crias fieis, ao chefe simio doutor, até ao pai ditador de todos esses crimes, do que a impunidade que se vive neste país, principalmente no recanto em questão.

Impunidade segura, cumplicidade geral!

È poder legitimo e instituido!...

Se desse para apostar no placard sobre o desfecho judicial da operação fénix, apostaria certamente que:

(mais uma vez, o meu prognóstico) A montanha irá parir um rato!...

Até poderão apanhar um ou outro pequeno insecto, mas jamais vão lesar os interesses dos grandes insectos.

Todos o sabem!... O país e a justiça que temos!

 

Não há mal pior que a descrença na justiça.

Mas aprendi com o "tempo" e com a "prática" da justiça deste país, a lidar com incapacidade de livrar-me de um sentimento tão profundo de descrença nas decisões coniventes dos tribunais portugueses para com os poderosos e para com podres poderes instituidos... perdão instalados.

Continuo bastante desligado, em relação à operação fénix, creio que não passará das letras e dos títulos gordos que sairão nos orgaõs de comunicação social... nada passará de palhaçadas e ladainhas.

Podem pensar o que quiserem de mim... é só um desabafo pessoal, para o Bem ainda bem que existe quem assim não crê, chamar-lhes- ei de optimistas, mas deixem-se de ilusões e quimeras, nem os deuses estão dispostos a ouvir as vossas preces... caros optimistas: estão a punir-se a si próprios... compreendo a vossa fome e sede de justiça, mas não há poder ou maneira para punir estes criminosos.

Reparem, são todos repetentes, ordinários useiros, comuns e triviais em situações criminosas, e a justiça faz-nos sempre questão de nos distrair e de nos punir com a impunidade dada a esta gentelha. São os factos!

Baixinho para ninguem ouvir- atentem ao jogo de hoje à noite e depois digam qualquer coisinha...

Neste país, estes criminosos só são punidos pela moral de homens de bem.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:28

Neste momento é demasiado fácil os Bois do apito decidirem contra nós. A verdade é esta!

É contra isto que estamos a lutar nos dias de hoje.

Não basta só ser o Benfica...

Só um SUPER BENFICA, até o final da Liga, será capaz de impedir a entrega de um campeonato aos frutanheiros, mais uma vez com o tributo dos Bois do apito.

È o que eu sinto, é o que eu observo, é o que eu contemplo, é o que eu vaticino... é o que manifesta e testemunha a minha alma!

 

Hoje, um outro Boi, mais um Boi entre muitos, gritante dualidade de critérios... foda-se as coisas são tão óbvias, tão claras que até o mais desconhecedor e ignorante nestes assuntos de apitagem percebe o que se está a passar.

Tenho comigo o optimismo pelo Benfica!... mas temo que não chegue para sagrar-nos campeões!

Quero desencorajar-me deste negativo pensamento, mas resta-me tão pouco, resisto com profundo desgosto... fico triste e impotente perante as vivas evidências das ladroagens/ sacanagens nos "nossos" jogos. È tudo extra-Benfica, é tudo extra-futebol, que falar do bálsamo que são para mim as vitórias do Benfica, falar da vitória de hoje frente ao Arouca é um acessório quase prescindível neste post.

Fico-me por:

Muito bem equipa- Boa atitude e boa vitória!

Muito Bem (também) os adeptos!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:40

"Comprava-se toda a gente, como quem compra tremoços" -Manuel José, antigo treinador, sobre corrupção no futebol.

 

Manuel José deixou uma pérola nesta sua entrevista à TSF.

Uma pérola esquecida pela merdia desportiva nacional. Apanágio intrínseco dessa gentelha prostituida, fizeram de tudo para que a pérola deixada pelo Manuel José não fosse notada, nem apanhada ou devidamente reconhecida.

Para mim, nunca perde o seu valor falar daquilo que para muitos será sempre ficção - A corrupção no futebol português nos anos 80 e 90. Manuel José viveu bem por dentro essa ficção. Toda ela registada na museu da fruta em contumil.

 

Manuel José não hesita em dizer que teve "vergonha de andar no futebol", nos anos 80 e 90, altura em que se compravam árbitros e resultados "como quem compra tremoços". O antigo técnico diz que essa foi a "fase mais negra do futebol português" e acrescenta que há quem queira voltar a esse tempo, tentando empurrar os árbitros para situações que já viveram no passado e que Manuel José considera vergonhosas.

Manuel José conta uma história em que o tentaram comprar, no início de um jogo com a proposta "ganhas este jogo hoje e perdes os dois da próxima época". E denuncia que, foi por não pactuar com essas situações que acabou por ser afastado, por três vezes, do cargo de selecionador nacional.

Por outro lado, e apesar de já ter dado a carreira como terminada, por razões pessoais e familiares, Manuel José diz que nunca treinaria o FC Porto com o atual presidente. Sem querer explicar as razões ficam as palavras: "não considero, não gosto, detesto" Pinto da Costa.

 - excertos da entrevista de Manuel José à TSF

http://www.tsf.pt/desporto/interior/comprava-se-toda-a-gente-como-quem-compra-tremocos-5639709.html

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:03


A CULPA SERÁ DO BOI jorge sousa

por BENFICA365, em 21.01.17

Boi apitador jorge sousa sempre no centro das atenções!

Um golo fora de jogo, expulsão perdoada a layun, três vezes!

Uma vez mais demostrou ser o holofote de mais uma vitória do grémio de contumil, vitima o Rio Ave. Sempre a facturar a um histórico assombroso de beneficios.

 

O mais curioso é a imaculada dignidade que este Boi passa pelo "anominato" das suas vergonhosas e miseráveis actuações, favorecendo sempre o clube do putedo e da fruta na merdia desportiva nacional.

Perante o hat-trick de outro boi apitador a semana passada, no jogo do Glorioso, e com mais este miserável frete do boi sousa ao seu grémio, é prova provada que continuamos a mandar nesta merda toda!

 

Semana após semana, a merdia desportiva nacional refém e obcecada no foco Benfica-corja do bruno,corja do bruno-Benfica, liberta o reino do grémio de contumil para os sobejos meliantes favorecimentos das equipas de apitagem.  Vão passando entre os pingos da chuva e vão levando a corrupção ao seu moinho.

Na época do apito dourado, a impunidade e a glória dos corruptos, dos batoteiros foi segura graças também a toda uma corja jornaleira que fez-se reger de uma cumplicidade geral, agora trilham as escolhas do seu trabalho pelos títulos sensionalistas e desestabilizantes que chegam ao minuto do circo do lagartedo... e assim pouco a pouco os de contumil naturalmente vão-se chegando à frente. A estratégia frutanheira floresce a olhos vistos! Há engrenagens naquele fétido grémio que são eternas...

Seja lá o que vai ser este campeonato até o seu fim, a culpa será do boi jorge sousa.

Cuidado Benfica, muito cuidado Benfiquistas! Acabemos de dar tanta importância aos lagartos e nos fait-divers do verme líder e dos seus cães de fila, os carneiros.
O que interessa são os corruptos de contumil, a agremiação fóculporto.

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30


Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •