Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




MENTALIDADE DE EQUIPA PEQUENA

por BENFICA365, em 20.09.17

Postura de equipa pequena, nada inédito nas "montagens" de Rui Vitória.

Postura de equipa que chega ao golo, ou à vantagem, sem saber como, e depois remete-se à defesa e ou cede a iniciativa de jogo e bola ao adversário na tentativa de em contra golpe (ou num chouriço) marcar mais um golo.

Gerir, aguentar vantagens magras!???

Aguentar a iniciativa contrária como pode, e não pode,(!!!!) mas tantas vezes vai o cântaro à fonte que...

Aguentar a iniciativa contrária negando aos jogadores as suas mais valias e características naturais...

Depois quando sofre o golo da igualdade, assim como uma equipa pequena, quando sofre um golo e perdida a vantagem, fica tudo perdido, e a partir desse momento resolve mostrar e pedir todas as potencialidades e soluções aos seus jogadores, concluindo que afinal (ainda) são capazes de jogar algum futebol se...

Sejam quem sejam os presentes no onze, a mentalidade de Rui Vitória é mentalidade equipa pequena.

O Benfica não aperta, não sufoca, não abana o adversário... O Benfica apenas amorfa, joga aos repelões, ali não há nada!

 

Eternamente Sport Lisboa e Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09


2 comentários

De Anónimo a 22.09.2017 às 23:59

Finalmente alguém meteu o dedo na ferida! Até dou de barato que a defesa devia ter sido reforçada, mas se toda a equipa soubesse defender provavelmente nem se notaria.. o que se nota é uma equipa sempre mal posicionada, a chegar tarde na pressão e sem ninguém saber muito bem quem deve marcar quem.. não se admite uma equipa com 2 pontas de lança e que não consegue condicionar a construção de jogo da equipa adversária por mais limitada que seja.. o meio-campo passa o jogo encostado à linha defensiva quer a defender quer na nossa fase de construção assim que se marca um golo.. os extremos andam perdidos sem saber se devem fechar no meio ou se devem abrir para obrigar os outros a esticar linhas e acabam por nem fechar, nem apoiar os avançados, nem aparecer ao 2° poste nem tão pouco apoiar os laterais quando atacamos.. uma nulidade durante 90 minutos onde só muito raramente se vê um rasgo individual, uma chegada à linha de fundo... futebol pobre, previsível, fácil de anular e o que me deixa mais triste é ver a equipa consentir o empate e não conseguir mesmo assim inverter a situação.. Como não acredito que um jogador que custa 16 milhões seja um perna-de-pau, um Pizzi que marcou e deu a marcar tantos golos ou um ponta de lança que de repente deixou de marcar tenham desaprendido de jogar, só me resta pensar que o problema está no treinador.. Terá sempre o meu respeito pelo Homem que é e por tudo o que ajudou a conquistar mas acho que o seu ciclo terminou no nosso Benfica..

De José Rama a 21.09.2017 às 03:56

Tudo está entregue à iniciativa individual.
Não se percebe qualquer esquema de movimentação colectiva, criação de linhas de passe, etc. Como é possivel ver o Rafa repetir as mesmas correrias sem qualquer objectividade e o treinador não corrigir nada. Tanta bola entregue ao adversário ou mandada para onde não está ninguém. Tanto remate fora de tempo ou precipitado quando há companheiros em melhor posição.
O cúmulo é a falta de aproveitamento das bolas paradas. As grandes equipas tiram cada vez mais partido chegando a 30/40% dos golos. No Benfica não sei se já houve algum esta época.

Comentar post



Dobradinha 2016/2017


26ª Taça de Portugal


Tetracampeões


TRICAMPEÕES


BICAMPEÕES


Triplete


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D



Links

UNIVERSO BENFIQUISTA

  •